Ative o hormônio que “derrete” gordura

corrida

Corremos por diversos motivos, seja para garantir a saúde, o humor ou tonificar os músculos. Novo estudo revela como a atividade aumenta a produção de irisina, o hormônio que vai “derreter” suas células de gordura.

Leia mais:

Minha primeira corrida de rua – Guia fácil para você estrear com brilho
20 minutos para mudar a sua vida – Veja o LIT (Lucilia Intensive Training)

Você provavelmente corre por várias razões.

Pode ser para melhorar o estado geral da saúde, construindo músculos e queimando calorias.

Ou até para melhorar o seu humor – veja mais aqui.

Pois agora, há um outro motivo para amarrar os tênis: irisina.

Quem afirma é um estudo feito pela Universidade da Flórida (Estados Unidos).

Como sabemos, o corpo armazena as calorias em excesso em células de gordura.

Especificamente, células de gordura “branca” devido à sua aparência leitosa.

Por outro lado, as células de gordura marrom são mais escuras – saiba mais aqui.

Isso acontece devido aos “compartimentos” de queima de energia liberada para manter o corpo quente.

Quando malhamos, a irisina é produzida.

O chamado “hormônio do exercício” é liberado durante a atividade de resistência aeróbica moderada.

Como é a corrida, por exemplo.

Aparentemente, esse hormônio tem o poder de “derreter” a gordura corporal.

Ele agiria para equilibrar as duas gorduras, ao transformar a gordura branca em marrom.

Para chegar a esta conclusão, foram feitos testes em laboratório.

Com amostras de tecido adiposo de mulheres que tiveram cirurgia de redução de mama.

Os cientistas expuseram as células células de gordura brancas à irisina.

Como resultado, o hormônio reduziu o número de células de gordura maduras em até 60%.

Também foi observado que sua ação impediu a formação de novas células adiposas.

Isso sugere que a irisina pode ajudar as células de gordura branca a se tornarem gordura marrom.

Estudos anteriores já mostraram que, durante o exercício, os níveis de irisina aumentam.

Portanto, mantenha uma rotina de exercícios para colher os benefícios.

Ou, ao menos, conter o prejuízo.

Faça uma agenda

No início de cada semana, planeje seus exercícios para os próximos dias.

Manter-se focada na agenda de exercícios aumentará o seu fornecimento de irisina.

Que tal programar-se para uma prova oficial?

Veja os 10 passos para a estreia perfeita em sua corrida de rua – clique aqui.

Chame uma amiga

Sozinha é mais difícil.

Por isso, cative uma amiga de treino para mantê-la fiel.

Estudos mostram que a responsabilização leva a mais sessões de exercícios por semana.

E treinar com uma amiga é muito mais divertido.

Abasteça-se com inteligência

Coma muitas frutas, vegetais, grãos integrais, leguminosas e produtos lácteos.

Mantendo o tamanho das porções (e, portanto, calorias) sob controle.

Limpar-se dos processados lhe dará mais energia durante os exercícios.

O efeito da irisina foi comprovado sobre células maduras.

Portanto, o trabalho é evitar que novas células de gordura branca se formem.

Tags: , , , , , ,