Explosão doce e salgada: pipoca com alga nori

Explosão doce e salgada: pipoca com nori

Elas são um estouro – menos para a dieta. Preparadas do jeito certo, pipocas só trazem benefícios. Com tudo isso, são o petisco oficial aqui de casa. E de tudo quanto é jeito, até como você nunca viu – ainda!

Leia mais:

Pipoca light caseira – Zero de gordura com 100% de sabor
Emagrecendo até debaixo d’água – Algas alimentam e ajudam a perder peso

Pesquisas apontam a origem deste delicioso petisco para o ano 3600 antes de Cristo, na região onde hoje é o estado do Novo México (Estados Unidos). Daí para o mundo, sua fama se espalhou junto com a popularização do milho. Entre os fãs de cinema, não há melhor companhia!

Segundo cientistas da Universidade de Scranton, a pipoca reúne mais certos antioxidantes que uma porção de frutas e verduras. Destaque para as fibras alimentares, que ajudam o bom funcionamento do intestino e tornam a digestão mais lenta, o que prolonga a saciedade.

Mas, para quem não acha muita graça no sabor de sempre, saiba que existem outras receitas para torná-la ainda mais interessante. Como, por exemplo, juntar os gostos salgado e doce. E ainda somar um novo ingrediente, a alga nori.

Consideradas um dos alimentos mais saudáveis do planeta, as algas comestíveis contêm grandes quantidades de fibras e sais minerais, fornecendo também vitaminas A, C e do complexo B, também ajudando a reduz os lipídios no sangue.

Vamos à receita?

Pipoca com alga nori

Pipoca com nori

Ingredientes

½ xícara de milho de pipoca
1 colher (chá) manteiga
1 colher (sopa) de mel
3 colheres (sopa) de nori furikake – tempero japonês pronto

Modo de preparo

Coloque a manteiga em uma panela, junte o milho com o sal e deixe estourar.
Depois, junte nori furikake.
Espalhe o mel em fios, fazendo zigue-zagues para evitar grumos.
Mexa delicadamente.

Dica: uma boa opção é servir em cones de alga nori, normalmente utilizadas para fazer sushi.

Tags: , , , , , ,

Dados nutricionais conferidos por Carina Melo, CRN 28117