Receita comprometida

mediterranea

Os benefícios cardiovasculares associados à dieta mediterrânea já são bem conhecidos. No entanto, pela primeira vez foi revelado que a posição socioeconômica afeta as vantagens da saúde ligadas à escolha dos alimentos.

Leia mais:

A dieta dos gladiadores – Estudo revela o que os guerreiros comiam
A arqueologia do sabor perdido – Blog recria receitas históricas

Ela é reconhecida por garantir saúde, boa forma e longevidade.

É a chamada Dieta Mediterrânea – veja mais aqui.

Esta é a alimentação de povos como a Itália, Espanha, Grécia, Egito, Líbia, Marrocos, Turquia e Líbano.

No menu estão vegetais, frutas, nozes, leguminosas (feijão e ervilha, por exemplo), azeite e pescado.

E ficam fora dele os excessos de carne vermelha, laticínios e gordura saturada.

Mas seus benefícios são mais desfrutados por pessoas com maior poder aquisitivo.

É o que revelou um estudo do Instituto Neurológico Mediterrâneo (Itália).

Nele ficamos sabendo que a qualidade dos alimentos é fundamental para garantir os apregoados benefícios.

Desta forma, pessoas com uma baixa condição socioeconômica estão em desvantagem.

A pesquisa envolveu mais de 18 mil participantes da região italiana de Molise.

Nela, as pessoas no topo daquela sociedade eram mais propensas a consumir versões mais saudáveis da Dieta Mediterrânea.

O que significa que consumiam mais antioxidantes e polifenóis.

Elas também tiveram acesso a uma maior variedade de frutas e vegetais.

Em relação a quem tinha a renda comprometida, o contrário também foi constatado.

“A qualidade dos alimentos pode ser tão importante para a saúde quanto a quantidade e a frequência de ingestão”.

O pensamento é do diretor do instituto italiano, Giovanni de Gaetano.

“Não podemos continuar a afirmar que (a Dieta Mediterrânea) é boa para a saúde se não garantirmos um acesso aos produtos igual para todos”.

O estudo foi publicado no International Journal of Epidemiology.

Então só resta lamentar e desistir de perseguir os ideais que esta alimentação representam?

Nesta questão, é possível ver o copo meio cheio.

Afinal, o poder deste cardápio foi comprovado mais uma vez.

A esta altura, aposto que lhe deu vontade de experimentar algo com esta inspiração.

Por isso vai adorar esta torta de legumes sem farinha – veja aqui como fazer.

Tags: , , ,