O verdadeiro prejuízo

o-verdadeiro-prejuizo-

Enquanto vemos o problema do ponto de vista material, ele se agrava. Agora, um estudo revela quantos nutrientes descartamos quando desperdiçamos alimentos. Incluindo fibras dietéticas, minerais e vitaminas que tanto fazem falta.

Leia mais:

Alimentos inglórios – Dê uma chance para frutas e vegetais fora dos padrões
Nutrição certa por linhas tortas – Cenouras feias ainda são cenouras

No Brasil, são jogadas fora 41 mil toneladas anualmente.

Nos Estados Unidos, estima-se o desperdício em cerca de 40% dos alimentos.

O lamento foca essencialmente no prejuízo financeiro da situação, nos níveis do varejo e dp consumidor.

Mas até hoje nunca ficou claro a quantidade de nutrientes envolvidos.

Agora, um novo estudo fez a conta do real prejuízo.

A intenção foi calcular a quantidade de proteína, fibras e outros nutrientes importantes que acabam no lixo em 12 meses.

Paradoxalmente, estes mesmo nutrientes são consumidos atualmente abaixo dos níveis recomendados.

A maior parte vai embora na forma de frutas, legumes, frutos do mar e produtos lácteos.

Muitos por não se apresentarem no padrão do mercado, como os vegetais imperfeitos.

Nutrientes densos, estes alimentos são desperdiçados a taxas desproporcionalmente altas.

A pesquisa foi feita pelo Center for a Livable Future (Estados Unidos).

A instituição está ligada a Escola Bloomberg de Saúde Pública da Universidade Johns Hopkins.

Descobriu-se que, em um dia, são desperdiçados por pessoa 1.217 calorias.

São 33 gramas de proteína, 5,9 gramas de fibra alimentar e 1,7 microgramas de vitamina D.

E 286 miligramas de cálcio e 880 miligramas de potássio.

Só a quantidade de fibras jogadas fora daria para repor as necessidades de 206 milhões de mulheres.

O estudo foi publicado no periódico científico Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics.

http://luciliadiniz.com/alimentos-inglorios/

Tags: , , , ,