O poder do olho no olho

poder-do-olho-no-olho

Trocar olhares é tão intenso que te deixa nervosa? Estudo revela como acontece, e porque acontece com todo mundo.

Leia mais:

Desejo espresso – Café com afrodisíaco faz o clima
Meu pulo do gato – Perdi 60 quilos ao reinventar meu cotidiano

Se o contato visual sempre lhe pareceu difícil de manter por muito tempo, saiba que você não é a única.

Segundo um estudo feito pela Universidade de Kyoto (Japão), o olho no olho é extenuante para o cérebro.

A tarefa é tão intensa que a mente utiliza energia do raciocínio e processamento verbal para manter a mirada.

Os pesquisadores descobriram que o contato visual usa os mesmos recursos mentais que o raciocínio complexo.

Para chegar a esta conclusão, um grupo de voluntários foi convidado a assistir a um vídeo com o rosto de uma pessoa.

Desta maneira, eles deveriam realizaram uma tarefa verbal.

No vídeo, os olhos foram direcionados para o participante.

Ocasionalmente, estes mesmos olhos viraram para o lado.

Com o passar do tempo, a tarefa verbal tornou-se mais complexa e difícil.

Quando a tarefa ainda era fácil, fazer contato visual com o rosto na tela não afetou o desempenho dos participantes.

Mas, quando a tarefa se tornou mais difícil, seu desempenho foi impedido pelo contato visual direto com o rosto na tela.

Por este motivo, em uma conversa que nos obriga a raciocinar, periodicamente temos que desviar o olhar, como uma forma de conservar os recursos cognitivos.

O estudo foi publicado no periódico científico Cognition.

Tags: , , , ,