Você tem seu lugar especial?

lugar-especial

Você tem um local especial para recarregar as energias? Saiba que a estratégia funciona. Segundo novo estudo, para melhorar o estado emocional e até físico, locais são mais poderosos que objetos.

Leia mais:

Alimentando amizades – Campanha estimula conversas entre estranhos
Mais leve até na conta – Restaurante dá desconto por crianças comportadas

Credita-se ao poeta W. H. Auden a autoria da palavra “topofilia”.

O termo serve para descrever o elo afetivo entre uma pessoa e um lugar.

Agora um novo estudo, usando tecnologia de ponta, sugere que o poeta estava certo.

A pesquisa foi feita pela Universidade de Surrey (Inglaterra).

Nela, foi realizado um experimento com 20 voluntários.

Eles analisaram imagens de 10 lugares e 10 objetos com significado para eles.

Foram também exibidas dez imagens de lugares e objetos cotidianos.

Cada imagem foi apresentada três vezes.

Com tomografia, foram registradas imagens individuais do cérebro durante o teste.

Como resultado, os lugares com fortes laços pessoais, em vez de objetos, estimulou seus cérebros.

Especificamente, foram identificadas três áreas de resposta neural.

São elas a amígdala esquerda, envolvida no processamento automático de emoção.

O córtex pré-frontal medial, que avalia uma emoção positiva ou negativa.

E o hipocampo, todas áreas encefálicas relacionadas com as emoções.

“Pela primeira vez, conseguimos provar os benefícios físicos e emocionais dos lugares”.

A declaração é de um dos cientistas, Dr. Andy Myers.

“Lugares especiais geram uma resposta significativa em áreas do cérebro que processam a emoção”.

“E é empolgante entender como essa conexão é verdadeiramente profunda”.

E você, tem um lugar especial?

É ótimo ter um destino para o qual se possa fugir e recarregar as baterias.

Para uma sugestão, escolha um dos 10 países mais felizes do mundo – veja aqui.

Tags: , , ,