Nova inspiração nórdica

nova-inspiracao-nordica

Eles são exemplo de alimentação e hábitos saudáveis. Agora, podem ser modelo de como dormir bem. Conheça o conceito cultural do “lagom”, praticado na Suécia e que proporciona uma vida equilibrada. E mais descansada.

Leia mais:

A tradução dos sentimentos – Dicionário visual educa e emociona
A felicidade contagia – Quem é feliz faz parceiro ser mais saudável

Eles constituem uma região da Europa setentrional e do Atlântico Norte.

Os países nórdicos, entre os quais estão a Suécia e a Noruega, têm clima extremamente frio.

Mas não é apenas isso que os destaca.

Embora certamente tenha sido determinante para moldar certos hábitos culturais.

Como o “hygge” (pronuncia-se “hu-ga”), que preconiza o aconchego entre família e amigos.

Afinal, quando as temperaturas estão abaixo de zero, nada como um caloroso abraço.

Outro conceito é o “friluftsliv”, que recomenda um ativo envolvimento com a natureza – leia mais aqui.

Agora, o “novo” conceito que atrai o interesse é o “lagom”.

A palavra significa “apenas a quantidade certa”.

Normalmente é definida como “com moderação”, “em equilíbrio” ou “perfeito/simples”.

O apelo vem pelo fato de contradizer o consumo exagerado e a abundância.

Um novo livro em língua inglesa, da autora Niki Brantmark, tenta explicar como funciona.

O título é Lagom: Not Too Little, Not Too Much: The Swedish Art of Living a Balanced, Happy Life.

Em português, é autoexplicativo: “a arte sueca de viver uma vida equilibrada e feliz”.

Ainda não há previsão de seu lançamento no Brasil.

Mas, dentre tantos ensinamentos, decidi destacar os trechos que dizem respeito ao sono.

Veja a seguir algumas dicas de como usar o “lagom” para uma boa noite de descanso.

1 – Dispense o pijama

Os suecos costumam dormir sem roupas.

Embora as baixas temperaturas sugiram outra coisa, as casas são aquecidas.

E também recebem muita insolação.

A ciência corrobora a escolha.

Pijamas mas lençol e edredom podem elevar a temperatura corporal a 30 graus Celsius.

Estudo do Hôpital du Sacré-Coeur de Montréal (Canadá) já revelou que a temperatura ideal de sono varia entre 15ºC e 20ºC.

Sem falar que o hábito ainda ajuda a emagrecer – leia mais aqui.

2 – Use cobertores individuais

A Suécia não é o único país que tem o costume.

Mas certamente é raro encontrar casais que usem cobertores individuais.

A ideia não só evita que um puxe o edredom do outro no meio da noite.

E favorece que você use um modelo que se adapte ao seu termostato individual.

3 – Limpe o seu quarto

Simples assim.

Mantenha-o limpo, reduza a desordem e evite coisas caóticas.

4 – Redecore o ambiente

O quarto deve ter paleta de cores macia e suave, móveis minimalistas e sensação arejada.

Pense em paredes brancas e cinza claro.

Prefira roupa de cama sem estampas e camadas de textura natural para noites mais frias.

O quarto deve ser um oásis calmante para nos desligarmos das tensões da vida diária.

5 – Apague a luz

A luz inibe a secreção de melatonina, hormônio que naturalmente induz o sono.

Mesmo se cochilar, a luz pode ser detectada através de suas pálpebras.

Assim, seu cérebro não produzirá melatonina se estiver confuso se é noite ou dia.

E até o celular pode bagunçar este ciclo.

A luz azul dos smartphones conta para essa disruptura e a isso chamam de junk sleep – leia mais aqui.

lagom

Capa do livro: “lagom” atrai cada vez mais interesse

Tags: , ,