Felicidade que contagia

Felicidade que contagia

A felicidade contagia. Só que você não tem noção do quanto. Segundo estudo realizado nos Estados Unidos, quem é feliz faz parceiro ser mais saudável.

Leia mais:

A tradução dos sentimentos – Dicionário visual educa e emociona
A linguagem do amor – Veja como expressar o sentimento em outras línguas

Um novo estudo sugere que mesmo estar ao lado de uma pessoa feliz nos deixa fisicamente bem.

E muito.

A pesquisa foi feita pela Universidade Michigan State (Estados Unidos).

Nela, os dados colhidos apontam que pessoas com um parceiro feliz são 34% mais propensas a serem saudáveis.

O estudo observou cerca de dois mil casais heteros ao longo de seis anos.

Os participantes com parceiros felizes reportaram ter significativamente mais saúde.

E menos restrições físicas e exercitar-se com frequência.

Aparentemente, este efeito é causado por três motivos.

O primeiro é que um parceiro feliz esforça-se em cuidar de quem ama.

O que inclui o preparo atencioso da alimentação e regularidade no horário de tomar remédios, por exemplo.

O segundo é que pessoas positivas têm um plano de longo prazo para suas próprias vidas.

Por isso comem melhor, fazem atividades físicas, dormem cedo.

E evitam comportamentos e hábitos que vão comprometer sua qualidade de vida no futuro.

Assim, levam consigo quem estiver ao lado.

“Pessoas felizes nos tiram cedo da cama para exercícios, e nos encorajam a comer melhor”.

A declaração é do Dr. Bill Chopik, um dos autores do estudo.

Por último, pessoas felizes mantêm o estresse longe de casa.

Com elas não precisamos de subtextos e não há climão.

Surpreendentemente, não houve diferença entre maridos e esposas.

Há uma impressão de que as mulheres gerenciam a saúde dos maridos.

Mas, como não houve variação entre os gêneros, qualquer um pode ser a fonte de felicidade.

Tags: , , ,