O segredo da longevidade

o-segredo-da-longevidade

Uma vida de hábitos saudáveis ajuda. Comer bem, mesmo começando neste momento, é um elemento importante. Mas, qual é o segredo dos moradores de Bama, na China, para encarar os 100 anos de idade com qualidade de vida?

Leia mais:

Chama acesa – A inspiração dos competidores que não se rendem nunca
O elixir da juventude – Descoberta pílula que pode parar o envelhecimento do cérebro

Situada na cidade de Hechi, a comunidade autônoma de Bama, tornou-se um destino mágico.

E que atrai caminhantes, poetas, fotógrafos e estudiosos de nutrição e saúde.

Pessoas de interesses tão diferentes vêm aqui com um só objetivo.

Todos buscam o segredo da longevidade dos moradores locais.

Atualmente, são 81 cidadãos centenários.

Proporcionalmente, é cinco vezes a média da população da China.

E logo em um país já conhecido por este padrão.

O segredo da longevidade

A comunidade de Bama, destino turístico da qualidade de vida

Todas as vezes em que visito o país, me surpreende encontrar tantos cidadãos na faixa de melhor idade.

Por este motivo, tento aprender ao máximo com esta cultura, que tanto valoriza a alimentação.

Pode ter certeza de que Bama entrou para a lista de minha próxima viagem à China

Para tentar encontrar a razão da sua longevidade, os cientistas estudaram o local e os residentes.

Aspectos tais como a genética, a geografia, o clima, o ambiente e a comida foram pesquisados.

A definição de uma “fórmula” apontou vários elementos.

Mas é sua combinação que propicia um ambiente perfeito para a vida longa e saudável.

Sol

A intensidade dos raios infravermelhos e ultravioleta indicam insolação considerada ideal.

A razão pela qual os idosos aqui não sofrem doenças cardiovasculares tem muito a ver com isso.

Estudos descobriram que a região tem diferentes índices de insolação nas diferentes estações do ano.

Ar

Em Bama o ar possui alta concentração de íons negativos de oxigênio.

São mais de 20 mil íons negativos de oxigênio por centímetro cúbico.

Os íons negativos eliminam os radicais livres e mantém os fluidos corporais em uma condição fraca e alcalina.

Como resultado, o corpo ganha proteção contra doenças crônicas – especialmente câncer.

Água

Filtrada naturalmente nos rios e cavernas locais, a água de Bama é única.

O fator geológico forma cristais hexagonais no líquido, devido a um campo magnético específico.

A água hexagonal é composta de seis moléculas individuais unidas por ligações de ponte de hidrogênio.

Este tipo de água entra facilmente nas células, o que melhora as atividades metabólicas.

Campo magnético

O geomagnetismo contribui para a longevidade em Bama.

O campo magnético local promove a circulação sanguínea e reduz problemas cardiovasculares.

E ainda aumenta a imunidade, coordena ondas cerebrais e melhora o sono.

Alimentação

A dieta dos moradores de Bama é reduzida em proteína, gordura ou colesterol.

As pessoas comem duas ou apenas uma refeição por dia.

Na sua maioria, os mais antigos residentes consomem cerca de 1.500 calorias por dia.

E a dieta?

Sementes de cânhamo, chá, abóbora, brotos de bambu, milho.

E feijões, batatas e cereais integrais provêm alimento orgânico e livre de poluição.

Ainda, os alimentos aqui produzidos também beneficiam as bactérias Lactobacillus.

É por isto que os especialistas de toda a Ásia gostam de obter a bactéria de Bama.

segredo-da-lingevidade-bama-moradores

Dicas dos moradores

Para viver tanto, veja a seguir alguns conselhos dos moradores:

Huang Puxin, 113 anos: Seja uma boa pessoa. E tenha um bom coração.

Huang Makan, 108 anos: Como saladas e alimentos orgânicos. Não exija muito das pessoas.

Huang Meijian, 99 anos: Trabalhe e caminhe todos os dias.

Para saber mais sobre como poucas mudanças já fazem viver mais – clique aqui.

Tags: , , , , ,