Geneticamente empoderado

geneticamente-empoderado

A crítica é que os alimentos transgênicos favorecem a indústria. Mas há os cientistas que os pensam em benefício de nossa saúde. Pesquisadores chineses apresentam novo arroz, com poder de combater até o câncer.

Leia mais:

Óleo que sabota a dieta – Veja qual óleo mina esforços em emagrecer
Creme de leite light e caseiro – “Emagreça” este valioso ingrediente

Acredito que jamais vamos superar a desconfiança com os alimentos transgênicos.

Afinal, muitos ainda temem possíveis efeitos negativos dos organismos geneticamente modificados (OGM) para a saúde e o meio ambiente.

Mas, por diversos interesses, as pesquisas avançam.

Entre elas, a Universidade do Sul da China apresentou o TransGene Stacking II.

Trata-se de uma variedade avermelhada que traz níveis elevados de antocianinas, um tipo de pigmento antioxidante.

Ele é responsável pela coloração do novo grão.

Com isso, alega-se que o alimento pode diminuir o risco de certos tipos de cancro, doenças cardiovasculares e diabetes.

“Acreditamos que o novo grão possa ser um vetor com aplicações na biologia sintética e engenharia metabólica”.

A declaração é de um dos autores do estudo, Dr. Yao-Guang Liu.

“Até agora, a engenharia genética desenvolveu arroz enriquecido com beta-caroteno e folato, mas não com antocianinas”.

No futuro, os pesquisadores acreditam que a técnica possa ser usada na produção de outros nutrientes importantes e ingredientes medicinais.

O estudo foi publicado no periódico científico Molecular Plant.

É certo que a novidade vai demorar a chegar até a mesa.

Mas nos serve como lembrete de uma das verdades da nutrição.

A de que uma alimentação saudável deve abusar da diversidade.

A melhor maneira de garantir o aporte de diferentes nutrientes é variar suas fontes.

Como?

Caprichando em colorir o máximo possível o prato, com alimentos de pigmentos diferentes.

Saiba mais sobre a nutrição pelas cores – clique aqui.

Tags: , , , ,