Quando amar é mais gostoso

cama

Saudade dos 20 e poucos anos? Bobagem. Novo estudo americano revela como o sexo fica melhor a partir dos 60. E que o melhor da sua vida amorosa ainda está por vir.

Leia mais:

Sexo e esporte – A ciência acaba de vez com este tabu
Desejo espresso – Café com afrodisíaco faz o clima

A vida sexual atinge seu pico aos 60 anos.

É o que revela a oitava edição da pesquisa Singles in America, espécie de “censo da sexualidade”.

Ele é feito anualmente pelo instituto de pesquisas americano Research Now.

E é patrocinado pelo site de relacionamentos Match, que opera nos Estados Unidos.

Nesta edição, o estudo investigou a opinião de 5 mil pessoas solteiras daquele país.

E descobriu que, neste status civil, as mulheres estão tendo o melhor sexo de suas vidas aos 66 anos.

E os homens, aos 64 anos.

Os motivos?

Pessoas nesta faixa etária são experientes, sabem o que querem.

E são livres para explorar as dimensões da própria sexualidade.

Segundo os autores, nesta faixa etária conhecemos bem nossos corpos.

E somos menos limitados pelo pensamento alheio.

A mensagem é a de que, como expressão de amor, o sexo se aperfeiçoa.

E, em relação à idade, é fato de que contribui para uma maior longevidade.

Para ler mais a respeito – clique aqui.

Tags: , , , , , ,