Até aqui chegamos

Os números atualizam o problema. E tornam inevitáveis as buscas por uma solução. Até 2045, um quarto das pessoas em todo o mundo estará gravemente acima do peso. Agora, só nos resta reagir.

Leia mais:

Obesidade é contagioso? – Ciência confirma que a ameaça existe
Amor contra o sobrepeso – Hormônio do amor pode levar a emagrecer

Diz um ditado antigo que, quando olhamos um abismo, ele nos olha de volta.

O problema é quando ele fala.

Esta é a impressão diante de um novo estudo, financiado pela farmacêutica Novo Nordisk.

Ele revela que 22% dos terráqueos estarão gravemente acima do peso em 2045.

Isso significa que quase um quarto da população mundial será obesa em menos de 30 anos.

Neste prazo, uma em cada oito pessoas também deve desenvolver diabetes tipo 2.

A proporção atual é de um para cada 11 pessoas.

Isso representa ultrapassar um perigoso limite.

Apenas nos Estados Unidos, as taxas de obesidade devem subir de 39% (2017) para 55%.

Pensamos nos dramas individuais, mas a preocupação vai além.

Afinal, estamos falando em termos planetários.

Donde fica difícil não considerar os custos para os sistemas de saúde dos países.

A situação é preocupante, mas passa longe de ser uma surpresa.

Tam Fry, do Fórum Nacional de Obesidade (Reino Unido) disse ter alertado o governo britânico em 2007.

As previsões divulgadas eram de que 50% dos ingleses estariam com sobrepeso em 2050.

Diante do exposto, ações agressivas se fazem necessárias.

Mas não há uma única abordagem que seja eficaz para diferentes culturas.

Neste sentido, cada governo deverá encontrar uma maneira de engajar suas populações.

O certo é que chegamos a um limite em que uma inação será por demais custosa.

Até aqui, chegamos juntos.

Tags: , , , ,