Livros entre panelas

Livros entre panelas

Se alguns pratos tornam-se clássicos, são poucos os livros de gastronomia que tomam o mesmo caminho. Palavras saborosas finamente combinadas formam “Comida é um sentimento”, do crítico gastronômico mais rigoroso da França.

Leia mais:

Os melhores livros de culinária do mundo – Biblioteca inteira cabe em um app
Mesa de trabalho – Saiba porque ela diz muito sobre você

François Simon tem fama de mau.

Diz a lenda que, sua personalidade inspirou a criação do personagem do crítico gastronômico Anton Ego, no filme “Ratatouille”.

Mas seu rigor em julgar restaurantes vem de uma obstinação pela boa cozinha.

Por este motivo, o livro Comer é um sentimento é uma grata surpresa.

Trata-se de uma coleção de 50 pequenas lições, que transcendem as panelas.

Todas são numeradas e seguem uma ordem lógica, começando por “Olhe-se”, passando por “Abra os ouvidos” e indo até “Acolha a doçura”.

A obra é sobre a arte de comer plenamente e sem pressa, de reconciliar-se com os alimentos da terra, de manejar prazeres à mesa, de pensar na refeição como uma prazerosa viagem.

Ao abrir o coração, o universo das panelas como visto por seus olhos revela-se para o leitor.

“Comer bem não é complicado”, despe-se de exigências à mesa o autor.

“Grosso-modo, paramos quando a fome acaba e sentamos à mesa quando o estômago nos dá um pequeno pontapé. Em seguida, escolhemos o que gostamos e ponto final”.

“Mas, antes disso, é necessário saber construir a casa. Recomeçar desde o início, no café da manhã. E depois revisar tudo calmamente, com muita ternura e gentileza”.

“Sentar-se, beber, dormir, amar quem está próximo de nós… Basta ter um pouco de paciência, de doçura e ironia para com as coisas da vida”.

Palavras assim nos reconectam com o prazer da alimentação, o que nos torna mais consciente sobre a qualidade do que ingerimos.

Esta obra integra o contúdo que está sendo produzido atualmente por alguns pensadores de uma nova culinária, como tudo que leva a assinatura de Michael Pollan.

O livro já está disponível no Brasil – clique aqui.

anton

Anton Ego, o crítico gastronômico (Ratatouille) inspirado em François Simon

Tags: , , ,