Com o fôlego no controle

respire

Precisando clarear as ideias? Respire fundo. Um novo estudo revela como alongar o movimento de inspiração pulmonar fortalece o cérebro e afia as memórias.

Leia mais:

Desejo espresso – Café com afrodisíaco faz o clima
Meu pulo do gato – Perdi 60 quilos ao reinventar meu cotidiano

Sempre há aqueles momentos em que, buscando acalmar a situação, respiramos fundo.

O ato, muitas vezes instintivo, ganhou uma explicação.

Segundo novo estudo, uma respiração profunda traz inúmeros benefícios para o corpo.

A pesquisa foi feita pela Universidade Northwestern (Estados Unidos).

Aparentemente, uma forte inspiração através do nariz tem o poder de fortalecer o cérebro.

E tornar as memórias mais nítidas.

Tudo depende de como você inala – e se você respira pelo nariz ou pela boca.

No estudo, 60 voluntários deveriam tomar decisões rápidas sobre expressões faciais observadas em fotografias.

Todos tiveram a respiração monitorada durante o teste.

Os rostos observados tinham expressões de medo ou surpresa.

Os voluntários tinham de indicar, o mais rapidamente possível, qual emoção cada face estava expressando.

Mais identificações foram feitas quando os participantes inspiravam do que quando expiravam.

O efeito desapareceu quando a respiração foi feita através da boca.

Os pesquisadores identificaram uma enorme diferença na atividade do cérebro durante a inalação, em comparação com a expiração.

“Quando você inspira e enche os pulmões, estimula neurônios no córtex olfativo, amígdala e hipocampo, em todo o sistema límbico”.

A declaração foi de uma das autoras do estudo, Dra. Christina Zelano.

Desta descoberta, aprendemos o que respirar fundo representa, ao sincronizar as oscilações cerebrais através da rede límbica.

Ou seja, quando a tensão aumentar, simplesmente inspire.

O estudo foi publicado no periódico científico Neuroscience News.

Tags: , , , ,