Cardápio da infância

o-segredo-das-criancas-mais-saudaveis-do-mundo

Crianças, brinquem com a comida! Cientistas da Universidade de Oxford revelam que interagir com itens pode ser a melhor forma de fazer com que os pequenos desenvolvam hábitos alimentares saudáveis.

Leia mais:

O café da manhã das crianças – A nutrição infantil carimba o passaporte
Brincadeira séria demais – Crianças que reconhecem fast food ganham mais peso

As crianças são muitas vezes repreendidas por brincar com seus alimentos durante as refeições.

Mas é exatamente o que deveriam estar fazendo para comer frutas e vegetais.

É o que afirma um estudo feito pela Universidade de Oxford (Inglaterra).

Aparentemente, interagir com a comida faz com que as crianças desenvolvam hábitos alimentares saudáveis desde cedo.

A música também pode melhorar o prazer de comer.

Canções mais agudas podem suprimir sabores amargos e melhorar o sabor infantil.

As estratégias devem ajudar.

O estudo descobriu que os pais hoje são duas vezes mais propensos a forçar seus filhos a comer frutas e vegetais em comparação com o século passado.

“Simplesmente tocar, cheirar, olhar o alimento sem realmente ter que comê-lo leva a uma maior chance de gostar”.

A explicação é de um dos autores, Dr. Charles Spence.

E quais são os itens mais problemáticos para os petizes?

Na pesquisa, os vegetais mais “temidos” foram couves de Bruxelas, repolho, ervilhas, brócolis e espinafre.

Dentre os frutos estão o tomate, bananas e kiwis.

Os meninos são duas vezes mais afetados pela questão que as meninas.

Mais de dois terços dos entrevistados (66%) disseram que perderam sua fobia de frutas ou vegetais quando atingiram a idade adulta.

À medida que as pessoas envelhecem, seu paladar se desenvolve e eles acham sabores amargos mais palatáveis.

Mas a bagunça tem ordem.

As sugestões para as crianças se envolverem com seus alimentos incluem arrumá-lo em um padrão no prato, comer com música.

E processar frutas e vegetais em purês ou smoothies.

O importante é não desistir.

A repetição e a familiaridade desempenham um papel muito importante para que as crianças comam mais frutas e vegetais.

Portanto, prepare-se para momentos intensos mas certamente valiosos.

Para ler mais sobre nutrição infantil – clique aqui.

Tags: , , ,