Balada sem álcool

drink

Vai beber o quê? Para não perder o melhor da festa e acordar linda no dia seguinte, conheça melhor a nova tendência dos drinks sem álcool.

Leia mais:

Alimento para o coração – Documentário reúne chefs por boa causa
Fim do segredo – Decifrei a receita mais cobiçada de Nova York para você

Cada vez mais, consolida-se uma nova alimentação.

Nela, favorecemos mais frutas e vegetais e cozinha-se apenas uma ou duas vezes por semana.

Se o comportamento extravagante à mesa perde a vez, mudou também o que beber.

Mas isso não significa desistir do álcool completamente.

Nem assumir uma atitude monástica e careta.

Trata-se de beber menos e beber melhor – com álcool no copo ou não.

A tendência chega para atender a um novo público.

As pessoas querem sair, ver os amigos e ter um copo incrível na mão.

Mas também querem equilibrar isso com seu estilo de vida.

Dispensando ressacas, arrependimentos e as calorias vazias das bebidas alcoólicas.

Um dos destaques desta nova carta de bebidas é Seedlip, o primeiro destilado não-alcoólico.

Em dois sabores, ervas aromáticas e especiarias são destiladas em barris de cobre.

Em seguida, os bartenders passaram a criar a partir do novo produto.

De todos, hoje destaca-se o menu do Dandelyan, bar do hotel Mondrian, em Londres.

Lá, é possível tomar um Wild Thing, feito com Seedlip, ylang-ylang e água tônica herbal.

Para quem gosta da experiência gastronômica, o álcool não faz a menor falta.

O amargo vem do quinino, das águas tônicas; a acidez vem dos sumos cítricos.

A sensação de calor podem vir do gengibre e da pimenta de cheiro.

Se estiver disponível, não dispense a experiência.

Prefere algo mais gelado?

Veja como faço para “emagrecer” a cerveja – clique aqui.

drink-sem-alcool-e-tendencia-bem-vinda

Drinks sem álcool é tendência bem-vinda

Tags: , , ,