A ameaça que vem de baixo

A ameaça que vem de baixo

Cinco segundos? Esqueça já esta “regra”, tomada como verdadeira desde o jardim de infância. Especialistas revelam como alimentos que caem no chão são contaminados instantaneamente. 

Leia mais:

Matando a chance de emagrecer – A evolução está reduzindo nosso microbioma
Iogurte vale por uma dieta - De dentro para fora, mantenha longe o peso extra

Quando a comida vai no chão, agimos instintivamente, recolhendo o que caiu o mais rápido possível.

Afinal, o senso comum diz que o que não nos mata, nos fortalece.

Mas pesquisadores alertam que, pelo pouco tempo que seja, nos expomos a perigosas bactérias, ao colocar na boca algo que tenha tido contato com o solo.

Especificamente, a preocupação é com a contaminação por E. coli e salmonela.

A explicação do por quê não há limite de tempo seguro é que estas bactérias “grudam” no alimento instantaneamente.

Portanto, há uma nova regra que deve ser assimilada: qualquer bala ou batata frita que for ao chão deve lá permanecer – ou ser recolhida à lata de lixo, de modo ideal.

Fundamenta a afirmação uma pesquisa feita pela fabricante de equipamentos de limpeza, a multinacional Kärcher.

Nela, 37% dos entrevistados admitiu que comeria algo que tenha caído no chão da cozinha.

Já 38% pegariam e comeriam, na mesma situação.

Focada em como cuidamos da limpeza dos ambientes domésticos, a pesquisa descobriu que 49% dos entrevistados usam apenas a vassoura para limpar (o chão onde caiu o alimento).

E 43% usam aromatizador de ambientes – apesar de nenhum dos dois métodos ser capaz de eliminar bactérias.

59% admitiram esperar encontrar sinais de sujidade para fazer a limpeza.

E 27% esperam sinais mais extremos, como o mau odor, para tomar providência.

O problema é que este é um problema silencioso e inodoro, que pode se multiplicar de uma simples bactéria a milhões delas em poucas horas.

Segundo a Dra. Lisa Ackerley, professora de saúde e meio ambiente na Universidade de Salford (Inglaterra), limpezas feitas como uma “blitz” na cozinha são mais importantes que uma única faxina.

Tags: , , ,