A nutrição fora do carrinho

informacoes-fora-do-carrinho

A tendência é evitar as filas e a falta de vagas para estacionar. Mas a comodidade tem seu preço. Especialista revela que quem faz compras de supermercado online faz também as piores escolhas.

Leia mais:

O futuro da cozinha está na mesa – Veja como será cozinhar em 2025
O futuro está na mesa – Comer em família ajuda a emagrecer

Com a falta de tempo, fazemos tudo online.

Se por um lado a comodidade nos favorece, por outro nos expõe a piores escolhas.

É o que afirma o australiano Allan Borushek.

Ele é autor de um guia anual de calorias e carboidratos dos alimentos, processados ou não.

Incluindo 200 itens dos cardápios das redes de fast food.

A obra leva seu nome: Allan Borushek’s Pocket Calorie and Fat Counter – sem equivalente no Brasil.

Editado continuamente desde 1973, o guia garante autoridade no assunto ao autor.

Segundo sua análise, quando compramos alimentos no supermercado, temos disponíveis as informações nos rótulos dos produtos.

Lendo com atenção ou mesmo sem querer, temos acesso à lista de ingredientes.

O que nos dá uma ideia do açúcar, sal, gordura e calorias do produto.

E permite a comparação entre concorrentes.

Tudo isso pode nos ajudar a fazer as melhores escolhas.

Mas fazer compras online não fornece a mesma riqueza de dados.

Estudos já mostraram como somos propensos a fazer escolhas mais saudáveis quando temos acesso à informação nutricional.

E há mais a rotulagem do que apenas calorias.

As pessoas podem ter razões médicas para verificar os rótulos.

Os alérgicos precisam atentar para os aditivos alimentares.

Os hipertensos, para o sódio.

Quem controla o colesterol precisa verificar carboidratos e fibras.

Diante do problema, o autor sugere entrar em contato com o centro de atendimento ao consumidor de cada marca.

E é diante da dificuldade da tarefa que seus serviços são oferecidos.

No site CalorieKing é possível consultar o conteúdo nutricional de vários produtos

Ao menos, os comercializados nos países de língua inglesa.

E você, costuma decidir o que entra em casa lendo os rótulos?

Tags: , ,