O futuro está na mesa

o-futuro-esta-na-mesa

A cena parece ter ficado nos filmes. As gerações ao redor da mesa, repartindo o alimento e as histórias do dia, não faz bem apenas a quem assiste. Estudo prova que a família que come unida permanece unida – e em forma!

Leia mais:

Dieta da memória - Quando nos apegamos à comida pelo coração
Sonhos que podemos ter - Escrever a própria história só faz bem

Estudo feito pela University of Illinois revela que crianças que comem à mesa com a família reunida estão menos propensas a desenvolver problemas de peso no futuro.

E mais: aquelas que se servem sozinhas acabam comendo menos.

Atualmente, nosso costume tem sido o de economizar tempo.

Assim, servimos os pratos e os apresentamos às crianças de forma mecânica, já prontos.

Mas, ao contrário de quando se alimentam em frente à televisão, aquelas que conseguem observar o exemplo dos adultos ao redor aprendem a reconhecer quando estão saciadas.

Além disso, têm a chance de ver o tamanho das porções e a de experimentar alimentos.

E esqueça a tradição de pedir para que “raspem o prato”; o que faz com que comam mais do que precisam.

E isso pode se tornar um hábito no futuro.

A pergunta ideal, segundo os cientistas, deve ser: está satisfeito?

Daí vem outra lição, a da observação dos sinais de fome e saciedade.

O resultado, que acompanhou crianças de dois a cinco anos de idade em mais de 100 creches nos Estados Unidos, foi publicado no Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics.

E na sua casa, como é a cena na hora das refeições?

Tags: , , , ,