Vapor nada barato

Vapor nada barato

Mais do que uma alternativa light, cozinhar no vapor vegetais, carnes magras e peixes é muito mais saudável. A cocção é a única maneira de conservar toda a riqueza dos alimentos: os nutrientes, vitaminas e minerais. Pratique já!

Esta não tem desculpa. Cozinhar a vapor é um método muito simples que pode (e deve) ser incorporado ao seu dia-a-dia. Exatamente porque você não precisa ter nenhum aparelho especial: basta acomodar um escorredor de macarrão numa panela com três ou quatro dedos de água e pronto.

A maior parte dos nutrientes se mantém intacta nessa forma de preparo. Os brócolis, por exemplo, preservam 95% da vitamina C, enquanto os peixes conservam 90% de seus nutrientes.

Como não precisa de óleo, manteiga nem azeite, você diminui o valor calórico da preparação. O vapor não afeta a suculência do alimento, mas suaviza as fibras, facilitando a digestão. Para saber se estar no ponto, basta espetar um garfo. Daí é só server em uma salada, ou como base para meu rocambole de legumes recheados.

Tags: , , , ,