Uso positivo das redes sociais

sinal-de-inteligencia

Ignore os chatos que dizem que você está abusando das redes sociais. Estudo russo revela que quem usa o Facebook é mais inteligente, ao usar linguagem cada vez mais complexa.

Leia mais:

Internet ajuda ou prejudica? – Os efeitos da amnésia digital
Você, robô – Estamos nos comportando como iDiots

O debate sobre os limites do uso das redes sociais é frequente.

A crítica é de que a linguagem está sendo empobrecida.

Isso porque estaríamos empregando emoticons, emojis e abreviações demais.

Mas a verdade é que o Facebook pode estar fazendo bem para seu vocabulário.

Habilidades narrativas, fluência e clareza de ideias estão no pacote.

É o que afirma um novo estudo, feito pela Escola Superior de Economia de Moscou (Rússia).

Nele, foram analisadas postagens de quase um milhão de pessoas em um site de mídia social russo chamado VK, ao longo de nove anos.

Um algorítimo separou as palavras pelo seu tamanho.

Como resultado, ele descobriu que as pessoas que passam anos publicando online começam a usar linguagem mais complexa.

Além disso, a complexidade geral da linguagem está aumentando constantemente.

E isso não se explica apenas pelo fato de que envelhecemos e nos educamos mais.

O estudo ressalta como usuários de 15 anos de idade em 2016 escreveram postagens mais complexas do que usuários de qualquer idade em 2008.

Portanto, a despeito dos críticos, os resultados sugerem que as mídias sociais não levam à degradação da linguagem.

Em vez disso, os usuários mudam suas práticas de linguagem neste ambiente para produzir textos cada vez mais sofisticados.

Então, vamos praticar.

Entre no Facebook e atualize seu status com a maior grandiloquência possível.

Tags: , , , , , ,