Trabalho nas nuvens

sonhar-acordado-faz-bem

Sonhando acordada no trabalho? Parabéns. Estudo americano revela que as pessoas cujas mentes vagam (onde supostamente não deveriam) são mais eficientes, inteligentes e criativas.

Leia mais:

A maior recompensa do trabalho – Felicidade no ofício nos mantém saudáveis
Trabalho afinado – Música no ambiente melhora resultado da equipe

Imagine a situação: você foi flagrada sonhando acordada em uma reunião.

Será repreendida ou elogiada?

Isso depende.

Principalmente se seu chefe tiver lido o novo estudo feito pelo Georgia Institute of Technology (Estados Unidos).

Nele, foram feitos testes com 100 voluntários, usando tomografia.

O objetivo foi identificar quais partes do cérebro funcionavam ao mesmo tempo.

Uma vez identificado como o órgão funciona em estado inconsciente, foram comparados com dados da capacidade intelectual e criativa.

As informações incluíram respostas dos próprios participantes sobre o quanto suas mentes divagavam na vida cotidiana.

Aqueles que relataram maior frequência em sonhar acordado marcaram mais pontos nos testes de inteligência e criatividade.

E revelaram sistemas neurais mais eficientes, de acordo com as tomografias.

Geralmente se pensa que sonhar acordado é ruim.

Aparentemente, nem sempre é verdade.

“Pessoas com cérebros eficientes têm tanta capacidade que não conseguem impedir que a mente devaneie”.

A explicação é de um dos autores, Dr. Eric Schumacher.

A expectativa é que novos estudos sejam feitos, para entender quando a característica é bem-vinda ou não.

E agora, vamos colocar no currículo que sonhamos acordadas?

Pode valer a pena, se o posto pretendido não for cirurgião ou motorista, por exemplo.

Tags: , , , , , ,