Couve-flor ao molho de iogurte

Couve-flor ao molho de iogurte

O iogurte pode ir além do café da manhã, como molho para saladas e pratos mais refinados. Nas trocas vantajosas, substitui maionese e creme de leite sem prejuízo ao paladar. Pelo contrário.

Leia » Couve-flor ao molho de iogurte

Sanduíche sem glúten

Evitar a proteína do trigo sem privar-se de alguns prazeres, como um simples tostex, é possível. Veja como faço um lanche saudável e saboroso sem pão. Que não fez a menor falta. Com vídeo.

Leia » Sanduíche sem glúten

Sopa verde

Com as temperaturas baixando, os cardápios vão se distanciando do ideal. Com isso, o peso extra ronda a balança. Para fugir da ameaça, resista. E conte com receitas funcionais e gostosas, como a desta nutritiva sopa verde.

Leia » Sopa verde

A horta saiu do laboratório

A horta saiu do laboratório

Se o ano que passou foi o da couve, 2015 ganhou vários pretendentes ao posto. Há quem já aponte que a tendência é das kalettes. Produtores britânicos lançam nos Estados Unidos um híbrido de couve-de-Bruxelas e couve tradicional que promete enorme sucesso. Quando será que chega ao Brasil?

Leia » A horta saiu do laboratório

Descoberto o segredo do wasabi

Descoberto o segredo do wasabi

Conhecemos o wasabi, mas na sua forma final e apenas ligado à culinária japonesa. Cultivada pela primeira vez fora do Oriente, a raiz ganha destaque na culinária internacional. A tendência é que cada vez mais as pessoas consumam esta delícia – e passem a contar com seu efeito termogênico. 

Leia » Descoberto o segredo do wasabi

O cálcio fora do leite

O cálcio fora do leite

Intestino preso, flatulência e dores de cabeça. Seja por intolerância à lactose ou como tentativa de mudar o cardápio e eliminar este problemas, reduzir o consumo de leite pode ser uma alternativa. Ainda bem que outros alimentos podem garantir o cálcio.

Leia » O cálcio fora do leite

O invisível sinal da boa saúde

O invisível sinal da boa saúde

Gases? Este “efeito colateral” só significa uma coisa: saúde do organismo. Pesquisa diz que alimentos ricos em fibras beneficiam na hora e até depois, aumentando níveis de bactérias “do bem” no intestino.

Leia » O invisível sinal da boa saúde