Explicando as amizades

O que nos aproxima tanto dos nossos melhores amigos? É algo muito íntimo. Novo estudo revela como os amigos são mais geneticamente similares do que estranhos.

Leia » Explicando as amizades

Qualidades impronunciáveis

Anda nua pela casa, coloca pimenta no que come no café da manhã e xinga muito? Melhor pessoa. Estudo da Universidade de Rochester revela que estas são as características dos indivíduos mais inteligentes.

Leia » Qualidades impronunciáveis

Abaixo a falsa modéstia

Pratica a falsa modéstia? Pior pessoa. Estudo revela que usar queixas ou pretensa humildade para gabar-se faz as pessoas gostarem menos de você que uma autopromoção direta.

Leia » Abaixo a falsa modéstia

Narcisistas atraem narcisistas

Narcisistas atraem narcisistas. Nas redes sociais. Estudo revela como usuários que tiram selfies são mais propensos a seguir pessoas que, como elas, expõem-se mais.

Leia » Narcisistas atraem narcisistas

A era de Narciso

Aguardamos a era de Aquário. Mas o que vivemos é algo bem diferente. Novo estudo revela que a obsessão com a perfeição física aumenta em mais de um terço entre os jovens.

Leia » A era de Narciso

Meu destino é pensar

Sim, vivemos imaginando coisas. Análise de tomografia computadorizada de milhares de casos revela como mulheres têm cérebros significativamente mais ativos que os dos homens.

Leia » Meu destino é pensar

Você é sapiossexual?

Será que você é sapiossexual? Estudo revela que uma em cada 10 pessoas acham a inteligência mais atraente que a aparência.

Leia » Você é sapiossexual?

Pagar ou não a gorjeta?

Não esqueça a gorjeta. Estudo da Universidade Cornell revela que a prática melhora o serviço. E aumenta a satisfação do cliente.

Leia » Pagar ou não a gorjeta?

“Match” genético

Um “match” escrito nas estrelas. Novo app de encontros usa DNA para aproximar pessoas, que seriam compatíveis geneticamente para formar casais perfeitos.

Leia » “Match” genético

Cinco horas por dia

O tempo que as crianças gastam no smartphone nos preocupa. Pois deveria, mesmo. Uma nova pesquisa revela que os jovens agora estão gastando quase cinco horas por dia na frente de uma tela.

Leia » Cinco horas por dia