Sono colorido

sono-colorido

Para dormir melhor, muitos usam o chamado “ruído branco”. Agora, cientistas criam o “ruído rosa”, que sincroniza com as ondas mentais e proporciona sono e memória melhores.

Leia mais:

É hora de acordar – Aulas mais tarde melhoram desempenho de alunos
Bêbada de sono – Dormir menos equivale a tomar seis latas de cerveja

Os problemas de sono estão se tornando cada vez mais comuns.

Por este motivo, a ciência nesta área tem se revelado cada vez mais importante em nos ajudar a esclarecer os mistérios de uma boa noite de descanso.

Um recente estudo da Universidade de Tübingen (Alemanha) revelou que tocar um som específico durante o sono pode não apenas ajudar a dormir melhor.

Pesquisas anteriores já revelaram a eficácia do ruído branco para este propósito.

Trata-se de um tipo de ruído produzido pela combinação simultânea de sons de todas as frequências, frequentemente empregado para mascarar outros sons.

Agora, a equipe do Dr. Jan Born chegou ao “ruído rosa”.

Quando em sincronia com oscilações naturais do cérebro, este som, descrito como parecido com ondas quebrando na praia, revelou-se eficaz para proporcionar sono de qualidade.

E, mais do que isso, a desenvolver a memória.

O estudo acompanhou 11 voluntários, que dormiram com fones que emitiram o ruído.

Ao medir a atividade elétrica no cérebro dos participantes, os pesquisadores foram capazes de sincronizar o “ruído rosa” com as ondas cerebrais.

Quando esta sincronismo foi estabelecido, os voluntários foram mais capazes de se lembrar de uma lista de palavras que tinham aprendido anteriormente.

Na verdade, eles se lembraram de quase o dobro de palavras.

Segundo o Dr. Born, ”a beleza desta descoberta está na simplicidade em aplicar uma estimulação auditiva em intensidades baixas – uma abordagem que é prática e ética se comparada, por exemplo, com estimulação elétrica”.

“Trata-se, portanto, de uma ferramenta simples para uso em ambientes clínicos com o objetivo de melhorar os ritmos de sono”.

O estudo foi publicado no periódico cientifico Neuron.

A terapia ainda está em estudo, e deve ser aplicada por profissionais treinados, com o uso de equipamentos adequados.

Mas é possível experimentar os resultados desta descoberta.

Para dormir melhor, experimente o ruído rosa no YouTube – a seguir.

Tags: , ,