Salmão com dias contados?

millennials

Ele é uma das maiores fontes alimentares de ácidos graxos. Mas você pode começar a se despedir. Saiba por que o mundo está contando os dias para o fim do salmão.

Leia mais:

Tartare de salmão – Veja o passo a passo desta saborosa receita
Sanduíche do bem – Salmão e outros recheios para nutrir com muito sabor

Se você aprecia a carne de salmão, mastigue mais lentamente.

A criação em cativeiro da espécie está ameaçada em todo o mundo.

A culpa é uma onda de piolhos.

Tratam-se, na verdade, de pequenos crustáceos do tamanho de uma ervilha.

Eles se prendem ao animal e dele se alimentam, matando ou tornando-o inadequado para o consumo.

A criatura desenvolveu resitência a pesticidas a base de benzoato de emamectina.

A partir daí, espalhou-se pelo mundo.

A praga infestou fazendas de salmão nos Estados Unidos, Canadá, Escócia, Noruega e Chile, principais fornecedores globais.

O abastecimento mundial de salmão caiu quase 10% no ano passado.

O caso a se observar de perto é da Noruega, onde os animais em cativeiro são muito mais numerosos que os que estão soltos.

O temos é que estes últimos sejam infectados.

Por enquanto, o prejuízo chega a um bilhão de dólares por ano.

Em um mercado que movimentou 12 bilhões de dólares em 2015, segundo a ONU.

Paralelamente, os preços no atacado sobem e estão até 50% acima do praticado no ano passado.

Os especialistas dizem que derrotar os piolhos vai exigir um conjunto de tecnologia nova e existente.

Incluindo ferramentas de gerenciamento mais antigas, como pesticidas e estratégias mais recentes, como a criação de resistência genética.

As inovações atualmente empregadas são água quente e lasers.

Mas a cura definitiva ainda não foi desenvolvida.

Pesquisas sobre cultivo de salmão junto com mexilhões, que comem as larvas dos piolhos, estão em andamento.

A luta é contra o tempo.

Vamos esperar que as soluções empregadas isoladamente se somem.

Até lá, saboreie especialmente seu salmão.

Quer uma sugestão?

Tenho certeza de que você vai adorar minha receita – clique aqui.

Tags: , , ,