Salgada influência

O peso da influência

Você abre um pacote, como uma batatinha e, de repente, não consegue parar. O que será que acontece? Finalmente, estudo australiano revela o motivo pelo qual não resistimos às frituras.

Leia mais:

Despertando a saciedade – Café da manhã faz comer menos ao longo do dia
Índice de Massa Corporal – Calcule agora seu peso ideal

É quase um consenso, inclusive entre quem cuida da alimentação, que alimentos gordurosos são irresistíveis.

Entretanto, a gordura por si só não é realmente muito apetitosa.

Afinal, o verdadeiro gosto da gordura, chamado oleogustus, se parece bastante com o de óleo de fritura que foi aquecido por muito tempo.

Segundo estudo da Deakin University (Austrália), o sabor ao qual não conseguimos resistir tem seu apelo acentuado pela presença de sal adicionado.

Até ai, já desconfiávamos.

O valor da pesquisa é determinar o peso desta influência.

No estudo, 48 voluntários saudáveis tiveram aferida sua sensibilidade ao sabor da gordura.

A todos foram servidas três bebidas diferentes, sendo que uma delas continha uma baixa concentração de gordura – exatamente a qual deveriam identificar.

Pesquisas anteriores descobriram que os mais sensíveis ao gosto de gordura comem menos.

Em seguida, uma vez por semana durante um mês, os voluntários tiveram que almoçar o mesmo prato (macarrão ao sugo).

Só que, neste prato, os cientistas manipularam a concentraçãoo de sal e gordura.

Os pratos eram ou baixos em sal e gordura, ricos nos dois elementos ou alternando o excesso entre uma e outra substância.

Foram medidos o quanto das porções foi consumido e a reação após a refeição em uma escala de apreciação, apetite e saciedade.

Adicionar sal à comida aumentou o nível de prazer sentido na degustação dos pratos.

Os participantes também revelaram disposição em repetir o prato mais salgado.

O mesmo não aconteceu com o prato mais gorduroso.

Como resultado, o sal fez as pessoas comerem 11% mais alimentos e calorias.

Segundo o líder do estudo, professor Russell Keast, ao longo de um dia, este é um montante realmente impressionante.

Mas a descoberta mais significativa veio das pessoas sensíveis ao gosto de gordura, que normalmente comem menos.

O sal fez com que seu autocontrole fosse ignorado, o que as levou a comer a mesma quantidade que os menos sensíveis à gordura.

Isso sugere que o sal embota os sinais de saciedade.

A gordura ainda pode ser responsabilizada por uma boa parte de excessos.

As refeições com alto teor de alta gordura levou os voluntários a comer 60% mais calorias.

Mas, pelo fato de a gordura ser tão densa em energia, eles acabaram comendo o mesmo volume de alimentos.

Comer mais sal, no entanto, os fez comer mais alimentos.

O sal, portanto, parece levar ao consumo excessivo de gordura, calorias e alimentos em geral.

Aí está algo para se lembrar da próxima vez que você abrir um saco de batatas fritas.

A pesquisa foi publicada na revista científica Journal of Nutrition.

Tags: , , , ,