Resumindo a Dieta Mediterrânea

millennials

Todos recomendam a Dieta Mediterrânea para uma vida saudável e longa. Mas seguir regras nunca foi a nossa praia. Novo estudo do Tel-Aviv Medical Center resume o caminho da melhor alimentação em apenas três dicas simples.

Leia mais:

A dieta dos gladiadores – Estudo revela o que os guerreiros comiam
A arqueologia do sabor perdido – Blog recria receitas históricas

Ela é reconhecida por garantir saúde, boa forma e longevidade.

Entretanto, conquistar os benefícios da Dieta Mediterrânea requer seguir várias recomendações.

Mas um novo estudo revela que ater-se a apenas três delas já faz enorme diferença.

A pesquisa foi feita pelo Tel-Aviv Medical Center (Israel).

As dicas são simples.

Coma mais frutas e peixes.

E reduza o consumo de refrigerantes.

Seguir estas medidas reduz o risco de câncer colorretal em mais de 30%.

Este câncer está ligado a fatores nutricionais.

Comer poucas fibras e exagerar na carne vermelha, álcool e alimentos de alto teor calórico aumentam o risco.

No estudo, foram analisados questionários respondidos por 808 pacientes que fizeram ecografias ou colonoscopias.

As perguntas abordavam seus hábitos alimentares.

Como resultado, aqueles cujos pólipos estavam avançados relataram comer menos itens da Dieta Mediterrânea.

Quais são eles, mesmo?

Para evitar perder a pista do que é certo ou errado, lembre do resumo.

De novo: coma mais frutas e peixes e reduza o consumo de refrigerantes.

O estudo será apresentado no 19º Congresso Mundial de Câncer Gastrointestinal.

Tags: , , ,