Quando o presente vale mais

presente

Não esqueça de quem mais importa. Pesquisadores descobriram que as pessoas que recebem um presente ficam mais felizes quando quem as ofertou comprou uma lembrança para si também.

Leia mais:

A tradução dos sentimentos – Dicionário visual educa e emociona
A felicidade contagia – Quem é feliz faz parceiro ser mais saudável

Já teve dificuldade em escolher um presente para alguém?

Tente comprar a mesma coisa para você também.

É o que recomenda um novo estudo.

A pesquisa foi feita pelas universidades de Wisconsin-Madison (Estados Unidos) e Toronto Scarborough (Canadá).

Nela, 100 voluntários foram convidados a avaliar uma lista de presentes.

A lista teria ou não um cartão com a mensagem: “Espero que goste do presente. Também comprei um para mim!”.

Como resultado, a satisfação chegou a dobrar quando quem presenteou se incluiu no gesto.

O efeito foi chamado de “companionization”, o que poderíamos traduzir como “companheirização”.

“Existe uma ligação inexorável entre similaridades e gostos pessoais”.

A explicação é de um dos autores, Dr. Evan Polman.

“Quanto mais você se parece com alguém, geralmente gosta mais desta pessoa”.

Portanto, quando você recebe um presente que ela também comprou para si, você se sente como ela.

“Isso leva você a gostar mais do seu presente”.

E, curiosamente, o doador e o receptor não precisam ser amigos ou parentes para provocar o efeito.

Portanto, experimente o efeito da próxima vez que precisar escolher algum presente.

Se estiver incerta da escolha, adote o critério: compre a mesma coisa para você também.

E comunique ao presenteado a “companheirização” entre vocês.

Isso faz o presente ser mais especial.

O estudo foi publicado no Personality and Social Psychology Bulletin.