Pouco exercício já é o bastante

Pouco exercício já é o bastante

Fazer exercícios regulares é ótimo. Mas encará-los somente quando é possível, como nos finais de semana, faz tão bem quanto. Antes que você desista completamente, por não conseguir seguir uma rotina, saiba que pouco exercício (desde que seja intenso) já é o bastante.

Leia mais:

20 minutos para mudar a sua vida – Veja o LIT (Lucilia Intensive Training)
Sua primeira corrida de rua - Veja como fazer uma estreia perfeita logo na primeira prova

Já vimos que bastam cinco minutos por dia. Mas mesmo assim, são poucos os que se animam.

Estima-se que 80% dos americanos não sigam a recomendação de praticar exercícios semanalmente. Segundo o Centro de Controle e Prevencão de Doençs daquele país, o ideal é que sejam praticadas 2 horas e meia de atividade aeróbica, como caminhada; ou uma hora e quinze minutos de atividade intensa, como corrida.

As desculpas vão desde a falta de tempo à falta de dinheiro. Só que nenhuma delas cola.

A boa notícia é que, segundo estudo da Universidade de Oklahoma, para perder peso e manter a saúde em dia não é preciso um compromisso diário. Poucos minutos bastam. E valem atividades ao ar livre – e de graça.

O importante é que sejam intensas. Com maior eficiência dos músculos em ação, treinamentos vigorosos promovem o condicionamento físico com mais eficiência que treinos moderados.

Apesar dos benefícios, não dá para esconder o fato de que treinar esporadicamente pode causar lesões musculares e nas articulações. Para não prejudicar o coração, pessoas sedentárias devem consultar o médico antes de começar. Entretanto, mesmo um mínimo esforço é preferível que passar o final de semana no sofá.

Além de caminhadas e corridas, no parque perto de casa ou na orla, experimente treinar o exercício mais eficiente do mundo, o “burpee” – confira aqui.

Tags: , ,