A personalidade na mesa

personalidade-a-mesa

Você come devagar, de modo distraído, sempre sozinha ou garfando um alimento de cada vez? As pessoas não são iguais quando se alimentam. E os modos à mesa podem revelar muito sobre sua personalidade.

Leia mais:

Meu pulo do gato – Veja como perdi e mantenho longe mais de 60 quilos

Reeducação alimentar – Conheça o cardápio que mudou a minha vida

A frase diz que somos o que comemos.

Mas uma atualização do ditado se faz necessária, já que é mais preciso afirmar que é a maneira como nos alimentamos que revela mais sobre nossa personalidade.

Segundo a especialista americana em comportamento alimentar, Juliet Boghossian, os padrões apresentados à mesa fornecem análises psicológicas sobre os comensais.

São os hábitos, rituais e idiossincrasias pessoais que revelam mais sobre nós do que gostaríamos – mesmo que esta não seja a intenção.

Acompanhe a seguir os perfis identificados e comportamentos a eles relacionados.

Comedores vagarosos

O tipo é conhecido: depois que todos na mesa terminaram a refeição, você encontrará este tipo ainda mastigando, um pouco de cada vez.

Alheia à pressão do tempo, ela sempre terminará por último.

As pessoas que comem devagar são, normalmente, personalidades que gostam de estar com o controle da situação – e sabem como apreciar este domínio.

Pessoas assim tendem a ser confiantes, mas o motivo pode ser também falta de energia ou momentâneo baixo astral.

Este modo de se alimentar pode trazer vantagens para a saúde.

Isso porque comer devagar está associado a uma menor ingestão de calorias, maior saciedade e satisfação durante a refeição.

Comedores apressados

Há uma boa chance de que você ou alguém em sua família se encaixem neste perfil.

Isso porque, se você cresceu com uma pessoa assim ao lado, provavelmente desenvolveu o hábito de acelerar as garfadas.

Longe da mesa, comedores rápidos tendem a ser pessoas ambiciosas, focadas em resultados e abertas a novas experiências.

Entretanto, elas também podem ter uma tendência a ser impacientes.

Se esta é você, é claro que não será possível mudar esta característica (ao menos, não facilmente).

Mas policiar-se é importante, já que comedores acelerados podem ganhar peso extra: comer rápido atrapalha os sinais de saciedade, levando a um consumo excessivo.

Comedores aventureiros

O comedor aventureiro está sempre procurando a próxima aventura gastronômica.

Ou seja, nunca vai pedir a mesma coisa duas vezes no restaurante.

Quando se trata de alimentos – e, provavelmente, outras áreas da vida – esta pessoa é candidata a emoção e encarar riscos.

Pessoas assim são movidas a novidades, e aceitam encarar projetos que a tirem da zona de conforto.

Comedores seletivos

Observar pessoas seletivas na hora da alimentação pode nos tirar do sério.

Isso porque, cheias de restrições, tendem a repetir na fase adulta uma mania desenvolvida na infância, a de recusar provar algo que não lhes seja familiar.

Elas costumam pedir os pratos sem alguns ingredientes, ou que o molho seja servido à parte, por exemplo.

A probabilidade é que pessoas assim sejam um pouco neuróticas e ansiosas.

Este texto utilizou informações de matéria publicada no site The Huffington Post – leia na íntegra aqui (em inglês).

Imagem: Shutterstock

Tags: , , ,