Perdoar faz bem à saúde

Perdoar faz bem à saúde

Perdoar faz bem para a alma. Agora, a ciência prova que o ato de perdoar faz bem para o corpo, ao eliminar efeitos deletérios provocados pelo estresse.

Leia mais:

A tradução dos sentimentos – Dicionário visual educa e emociona
O preço extra da gratidão – Educação demais pesa na balança

Coração leve e braços abertos para o abraço.

As pessoas que perdoam com facilidade estão mais protegidas contra o estresse.

Para valer, o perdão não deve ser apenas autoindulgente; mas amplo, geral e irrestrito.

Esta é a conclusão de uma nova pesquisa.

O estudo foi feita em parceria entre o Luther College e a Universidade da Califórnia (Estados Unidos).

Nele, os cientistas aplicaram um questionário a 148 voluntários.

As perguntas visavam avaliar os níveis de estresse.

E também a tendência para perdoar, bem como o estado de saúde e humor dos participantes.

Como resultado, aqueles que disseram perdoar com facilidade revelaram ser os que melhor lidam com o estresse.

Seja ele físico ou mental.

Não foi esclarecido de que forma o ato protege a saúde.

Aparentemente, a capacidade de perdoar e de pedir perdão nos ajuda a compreender melhor nossas próprias emoções.

“É possível qualquer pessoa aprender a perdoar, para beneficiar-se da descoberta”.

A declaração é de um dos autores, Dr. Loren Toussaint.

“O perdão elimina a conexão entre estresse e doença mental”.

“Se as pessoas querem se sentir bem, o perdão lhes oferece essa oportunidade”.

O estudo foi publicado no periódico científico Psychology Journal of Health.

Tags: , ,