Paladar em movimento

girando

Cansou da dieta? Veja por um outro ângulo. Segundo estudo da Universidade de Oxford feito com nada menos que 12 mil voluntários, o simples ato de girar o prato melhora o sabor da refeição. 

Leia mais:

A tradução dos sentimentos – Dicionário visual educa e emociona
O preço extra da gratidão – Educação demais pesa na balança

Se a Terra gira, seu paladar pode acompanhar o movimento.

Segundo um novo estudo, basta girar o prato para mudar o sabor das refeições.

Ou, ao menos, o interesse pelo que está sendo servido.

A pesquisa foi feita pela Universidade de Oxford (Inglaterra).

Nela foi realizado um experimento com 12 mil voluntários.

Aparentemente, quando os elementos dispostos no prato apontam para um ponto imaginário distante de quem se alimenta, a comida é percebida como mais saborosa.

E a pessoa até se dispõe a pagar mais por ela.

Segundo o líder do estudo, Charles Michel, a descoberta pode ajudar pessoas que se alimentam mal a comerem melhor.

Na culturas ocidentais, associamos o lado esquerdo como “errado” e tudo que se posiciona do lado de baixo como “inferior”.

E o contrário também pode ser observado, com o lado direito sendo o “certo” e o que está acima como “superior”.

Isso implica na percepção de sabores, e pode fazer as pessoas a atribuírem maior valor à refeição.

A ideia que incentivou a investigação científica veio da observação de uma receita do chef brasileiro Alberto Landgraf (foto acima).

O prato dispõe pétalas de cebola que apontam para uma única direção.

Ao rotacionar o prato, os pedaços de cebola apontam para direções diferentes, o que muda então seu sabor.

O estudo determinou que o prato tornou-se mais gostoso quando girado 3,20 graus no sentido horário.

Concordaram com esta posição 1.667 participantes da pesquisa.

Chefs confiam em seus instintos na hora de harmonizarem os elementos no prato, mas um conhecimento de “gastrofísica” poderia ser valioso.

Aproveite esta descoberta para servir pratos de alimentos necessários mas, ao mesmo tempo, não tão apreciados por crianças.

Ou por pessoas que não gostam de brócolis, por exemplo.

prato

Preferência do sabor foi maior quando “setas” apontaram para cima

Tags: , , ,