O açúcar está na cara

Consumir açúcar não faz mal apenas para o lado de dentro do corpo. Médicos britânicos alertam para a “cara de açúcar”, quando a substância provoca prejuízos à epiderme. Leia mais:…

Tempo de leitura: 3 min.

Consumir açúcar não faz mal apenas para o lado de dentro do corpo. Médicos britânicos alertam para a “cara de açúcar”, quando a substância provoca prejuízos à epiderme.

Leia mais:

Fisgados pelo açúcar – Saber como o inimigo ataca ajuda a nos defender
A detetive dos rótulos – Toda a verdade das letras pequenas

Muitos dos perigos de uma dieta rica em açúcar são bem conhecidos, desde cáries a centímetros extras na cintura.

Mas um efeito pouco conhecido pode ser mais evidente, sem percebermos.

O problema está na cara.

Um fenômeno conhecido como “cara de açúcar” pode ocorrer quando as pessoas têm uma alta presença de açúcar em sua dieta, causando acne, bolsas sob os olhos e pele pálida.

Como acontece fora do radar, os cientistas alertam que a questão pode estar causando mais mal do que muitas pessoas imaginam.

Segundo a Dra. Tamara Griffiths, da Associação Britânica de Dermatologistas, “alimentos açucarados têm um alto índice glicêmico (IG), resultando em picos de açúcar no corpo e dramáticas flutuações do hormônio insulina”.

“Com o tempo, isso pode resultar em resistência à insulina e diabetes, quadro que pode acelerar o processo de envelhecimento”.

O excesso de açúcar que não é metabolizado pelo organismo se junta com proteínas, causando um enrijecimento nas fibras dérmicas.

Isso acelera o aparecimento de rugas e flacidez.

Outro efeito indesejado é que o açúcar desidrata, o que provoca maior produção de óleo na pele.

Por isso, para manter a pele saudável e jovem por mais tempo, o melhor é evitar o exagero em alimentos com alto índice glicêmico.

O que significa trocar o pão e arroz branco por integral, e evitar o consumo de massas, batata e doces.

Gostou desse artigo? compartilhe
Você em primeiro lugar

Junte-se a mais de 100,000 pessoas que recebem conteúdos semanais por e-mail.

Lucilia Diniz desmistifica o que significa viver bem a vida, por dentro e por fora.

Digite um endereço de e-mail válido.
COMPARTILHE ESTE POST
Instagram
YouTube
LinkedIn
Confira também