Nostalgia contra a ansiedade

nostalgia-contra-a-ansiedade

Contra a ansiedade e suas consequências, recorra ao álbum de fotografias. Estudo da Universidade Rutgers explica como a nostalgia pode nos ajudar a debelar o mal-estar físico e psíquico.

Leia mais:

A tradução dos sentimentos – Dicionário visual educa e emociona
A felicidade contagia – Quem é feliz faz parceiro ser mais saudável

A ansiedade pode ter origem na mente.

Mas as consequências se manifestam até em sintomas físicos, como falta de ar e problemas digestivos.

Segundo novo estudo, uma das terapias para amenizar este estado pode estar no passado.

A pesquisa foi feita pela Universidade Rutgers (Estados Unidos).

Aparentemente, acessar memórias positivas pode bloquear a resposta do corpo ao estresse.

Para chegar a esta conclusão, foram realizados experimentos com voluntários.

Em um deles, os participantes deveriam mergulhar as mãos em água gelada.

O objetivo do teste foi induzir a ansiedade.

Em seguida, todos foram divididos em dois grupos.

Alguns foram instruídos a pensar em um evento feliz de seu passado.

Já o restante deveria acessar uma memória sem muita emoção, como uma tarefa cotidiana.

Não surpreendentemente, os membros do primeiro grupo encararam o banho de gelo com melhor humor.

Porém, o mais interessante foi a manifestação física dessa diferença.

Para quem acessou a memória neutra, a água fria provocou um pico nos níveis de cortisol, o hormônio do estresse.

Pico que foi bem menor entre os que se lembraram de algo positivo.

O experimento foi recriado com novos voluntários, monitorados via tomografia computadorizada do cérebro.

Como resultado, relembrar bons momentos foi associado ao aumento da atividade nas regiões prefrontais do cérebro.

Especialmente as responsáveis pelo controle das emoções e o controle cognitivo.

E o córtico estriado, ligado ao centro de recompensas.

Exatamente as mesmas áreas afetadas pelo estresse.

A descoberta destaca a função reparadora e protetora das emoções positivas autogeradas pelo recall de memória.

Claro, é algo que você sabia o tempo todo.

Mas, ainda assim, vale para entender como as emoções podem afetar o cérebro e o corpo.

Portanto, contra a ansiedade, dê uma chance à nostalgia.

O estudo foi publicado no periódico científico Nature Human Behaviour.

Tags: , , , ,