Motivação sem fim

nunca-desistir

Para vencer é preciso força de vontade. Muita. E o tempo todo. Estudo americano revela como o efeito do pensamento positivo só funciona se vier em abundância.

Leia mais:

A motivação está ao lado – Novo parceiro na academia nos leva além
A motivação está com elas – Mulheres mostram o poder do querer

Pode a força de vontade definir uma disputa?

A ciência acaba de comprovar que sim.

A revelação é de um interessante estudo da Universidade de Illinois (Estados Unidos).

Dele participaram 1.100 voluntários americanos e 1.600 europeus.

Todos tiveram que avaliar o quanto concordavam com algumas afirmações.

Como “após uma atividade mental extenuante, sua energia está esgotada e você deve descansar para recuperá-la novamente”, por exemplo.

Como resultado, os americanos foram mais propensos a concordar.

Já os europeus se diziam prontos para encarar a próxima tarefa imediatamente.

A descoberta revela mais que diferenças culturais.

Quando vemos nossa força de vontade como limitada, agimos de acordo.

Por isso, sentimos necessidade de dar uma pausa, descansar para voltar melhor.

Já há pessoas que veem sua força de vontade como um recurso ilimitado.

E se tornam energizadas.

Entre homens e mulheres, o efeito pareceu o mesmo.

Apenas entre culturas foram registradas variações.

Portanto, o segredo da motivação é nunca desistir.

Simplesmente ao acreditar que sua força é inquebrantável.

E isso leva a comportamentos mais saudáveis e a perceber melhor os outros.

“Nunca devemos desistir” encerra um dos discursos mais famosos de Winston Churchill.

Mesmo contra todos os prognósticos, foi esta atitude que venceu a guerra.

Este recorte histórico foi tema do recente filme Dunkirk (2017).

Por coincidência, a força do líder volta ao cartaz com O Destino de Uma Nação (2017).

Quem sabe você pode imitar ao menos os hábitos de sono do primeiro-ministro inglês?

Para ler mais a respeito – clique aqui.

Tags: , , , , ,