Menu das emoções positivas

Frutas, folhas e legumes podem elevar a saúde mental a ponto de desfazer parte do estresse de eventos traumáticos. Pois o contrário acontece: não comer bastante vegetais é tão ruim quanto o divórcio.

Leia mais:

Salada fresca de melão – Fruta na salada, sim por favor
Salada de arroz selvagem – Conte com a força dos grãos

Um estudo descobriu que não comer vegetais pode tornar depressão e ansiedade ainda piores.

A pesquisa foi feita pela Warwick Business School (Inglaterra).

Nela, foram examinados os dados de uma pesquisa anual feita na Austrália.

Os participantes responderam a perguntas sobre dieta e estilo de vida.

E foram perguntados se tinham sido diagnosticados com depressão ou ansiedade.

Foram selecionadas 7.108 pessoas que disseram que não ter nenhuma destas condições.

O objetivo foi ver se suas escolhas alimentares poderiam influir no risco de desenvolver depressão dois anos depois.

Como resultado, que comeu mais frutas e legumes revelou menos probabilidade de ser diagnosticado com uma doença mental mais tarde.

“Se as pessoas aumentarem a ingestão diária de vegetais de zero para oito, serão 3,2 pontos percentuais menos propensas a sofrer de depressão ou ansiedade nos próximos dois anos”.

A explicação é de um dos autores do estudo, Dr. Redzo Mujcic.

Este consumo de vegetais pode aumentar tanto a saúde mental que pode compensar impactos psicológicos fortes.

Similares a perder o emprego ou se divorciar.

Nestas horas, toda ajuda é bem-vinda.

Tags: , , ,