Meditando para o sucesso

que-tal-um-banho-de-floresta

Acalmar, fazer comer menos e… ter sucesso profissional. Novo estudo revela como meditação pode ajudar a obter aquela promoção. Apenas poucos minutos tornam as pessoas mais motivadas para alcançar seus objetivos.

Leia mais:

Detox da mente – Para manter o foco, pratique este exercício mental
Inspiração do brilho leve – Pensamentos canalizados aliviam a ansiedade e motivam

A meditação foi importantí­ssima no meu processo de emagrecimento.

A prática ajudou a fixar na minha mente o querer ser magra.

Através da meditação prestamos mais atenção nas sensações de fome e saciedade.

Com o tempo é possível controlar a ansiedade e colocar foco na dieta – veja mais aqui.

Mas os benefícios não param por aí.

Segundo um novo estudo, meditar pode ajudar a conseguir uma promoção profissional.

O mesmo poder foi também creditado à yoga.

A pesquisa foi feita pela Universidade de Waterloo (Canadá).

Nela foi realizado um teste com 31 voluntários.

Eles completaram 25 minutos de hatha yoga, 25 minutos de meditação e 25 minutos de leitura.

Hatha yoga é um dos estilos mais comuns praticado nos países ocidentais.

Envolve posturas físicas e exercícios de respiração combinados com a meditação.

A meditação consiste em prestar atenção apensamentos, emoções e sensações corporais.

Os resultados revelam que apenas 25 minutos de yoga e meditação por dia aumentam a função cerebral, melhoram o comportamento dirigido a objetivos e o controle emocional.

“Há uma série de teorias sobre por que meditação e yoga melhoram níveis de energia e desempenho de teste cognitivo”.

A explicação é de uma das autoras, Dra. Kimberly Luu.

“Elas incluem a liberação de endorfinas, aumento do fluxo sanguíneo para o cérebro e foco reduzido em pensamentos ruminativos”.

Mas, em última análise, esta ainda é uma questão aberta.

“Yoga e meditação focam o poder de consciência do cérebro e também reduzem o processamento de informações não essenciais”.

Além disso, também aumentam os níveis de energia.

O estudo foi publicado no periódico científico Mindfulness.

Que tal praticar um pouco?

Veja como eu faço a “meditação do elefante” – clique aqui.

Tags: , ,