Males da conectividade

saude-com-carteira-assinada

O excesso de internet traz consequências. Uma é a chamada “cibercondria”. Como milhares se autodiagnosticam com pesquisas no Google, isso leva a procura por hospitais, médicos e remédios sem necessidade.

Leia mais:

Smartphones e donos nem tanto – Será que o aparelho nos emburrece?
O amor nos tempos do wi-fi – Em qualquer meio, o importante é praticar

Está difícil conseguir um horário para se consultar com seu médico?

A longa lista de espera pode estar cheia de casos de “cibercondria”.

Assim foi batizado um fenômeno relativamente novo.

Trata-se da hipocondria gerada a partir de pesquisas no Google.

O tamanho do estrago que provoca foi estimado em estudo britânico.

O trabalho foi feito em parceria entre o King’s College London e Imperial College London (Inglaterra).

Aparentemente, um em cada cinco atendimentos ambulatoriais são provocados pela “condição”.

Isso provoca gastos de pelo menos £ 420 milhões por ano para o SUS britânico.

Ou cerca de 1,8 bilhão de reais.

O custo total pode ser maior, se forem incluídos os exames solicitados, como tomografias computadorizadas.

Resumindo: o temor sem controle de ficar doente é uma doença.

Potencializado pela internet, tornou-se uma ameaça de epidemia global.

Tags: , , ,