Leitura faz bem para saúde mental

leitura-beneficia-saude-mental

Férias? Aproveite para colocar a leitura (e a saúde) em dia. Segundo estudo canadense, ler livros de ficção faz bem para a saúde mental.

Leia mais:

Os melhores livros de culinária do mundo – Biblioteca inteira cabe em um app
Mesa de trabalho – Saiba porque ela diz muito sobre você

Sempre se soube que o hábito da leitura traz enormes benefícios à saúde mental.

Mas faltavam evidências.

Agora, uma nova corrente de estudos se dedica a estudar o efeito que a leitura de livros de ficção tem sobre a mente.

Segundo o Dr. Keith Oatley, os pesquisadores começam a dar atenção ao poder da imaginação.

Ele é o autor de um estudo, feito pela Universidade de Toronto (Canadá), que comprova que acompanhar narrativas com o uso da imaginação encoraja a empatia.

Ao exploramos as vidas de cada um dos personagens de um romance, podemos formar ideias sobre as emoções dos outros, seus motivos e razões próprias.

A pesquisa, feita no Departmento de Psicologia Aplicada e Desenvolvimento Humano da universidade canadense, analisou imagens do cérebro de voluntários, quando expostos a textos literários.

Bastam poucas palavras para ser observada uma maior ativação do hipocampo, região do cérebro associada ao aprendizado e memória.

Para aferir esta resposta empática, os pesquisadores aplicaram um teste a voluntários, que observaram fotos dos olhos de 36 pessoas, das quais deveriam imaginar o que estariam pensando.

Como resultado, a pontuação foi bem maior entre os leitores de obras de ficção, em comparação com os voluntários leitores de obras de não ficção.

“A característica mais importante de ser humano é que nossas vidas são sociais”,  explicou o Dr. Oatley em entrevista ao site PsyPost.

“O que nos distingue é que fazemos arranjos sociais com outras pessoas, que não estavam programadas pelo instinto”.

“A ficção pode aumentar esta capacidade e nos ajudar a entender melhor a experiência social”.

Este novo campo da psicologia que foca em narrativas ficcionais ainda deve ser desenvolvido para entendermos o papel do entretenimento da vida humana.

O estudo foi publicado no periódico científico Trends in Cognitive Sciences.

E você, gosta de ler?

No meu site estão disponíveis para leitura gratutira todos os meus livros – clique aqui e boa leitura!

Tags: , , , ,