Horário dos aromas

horario

Você acha que o aroma de certas coisas mudou? Confira no relógio. Estudo revela que sentimos os mesmos cheiros de modo diferente a depender da hora do dia.

Leia mais:

Tentação tem hora – Veja quando a vontade de comer aumenta
Hora de mudar – Para adotar novos hábitos, comece cedo

Nossa capacidade de perceber aromas varia dramaticamente ao longo do dia.

É o que afirma um estudo feito pela Universidade Brown (Estados Unidos).

Como um dos cinco sentidos, o olfato é importante não apenas pelo prazer de sentir aromas.

Esta habilidade é útil para nos prevenir de perigos, como um incêndio.

E para nos guiar para uma melhor alimentação.

Mudanças ocorridas no o olfato durante o dia podem afetar essas capacidades.

Aparentemente, isso ocorre por estar ligado ao ciclo circadiano, o chamado “relógio interno” do corpo.

Os indivíduos diferem na percepção dos aromas.

E também quando ela varia e quando atinge o pico.

Mas o estudo encontrou padrões claros.

Um deles é que a sensibilidade cai quando aumenta a produção de melatonina.

Isso acontece entre 3h e 9h, porque é o horário em que deveríamos estar dormindo.

Por isso, temos o faro mais aguçado à tarde que pela manhã.

A sensibilidade chega ao pico no início da noite biológica, cerca de 21h.

Por que isso acontece permanece incerto.

Do ponto de vista evolutivo, pode ser para garantir maior saciedade na última refeição do dia.

Ou talvez uma maneira de estar alerta antes de ir dormir.

Como usar esta descoberta a seu favor?

Observe quando sua sensibilidade atinge o auge.

E invista em experiências sensoriais nestes horários.

Para ler mais sobre a influência do ciclo circadiano – clique aqui.

Tags: , , , , , ,