Hidratação infantil

agua

De olho nas futuras gerações, nos preocupamos com a nutrição infantil. Mas algo está passando despercebido. Estudo revela como crianças estão bebendo apenas 25% da quantidade de água que deveriam.

Leia mais:

Pratique a hidratação sólida – Veja como você pode “comer” a água que precisa
Hidrate-se com muito sabor – Suco detox de uva com água de coco

Comeu o brócolis?

Esta parece ser a maior preocupação dos pais em relação à nutrição infantil.

Entretanto, por fora do prato um outro fator está passando despercebido.

Segundo um estudo britânico, as crianças estão bebendo apenas 25% da água que deveriam.

Recomendações oficiais sugerem que crianças de cinco a oito anos bebam um litro (cinco copos) por dia.

Mas, em média, o mesmo grupo está bebendo menos que dois.

A pesquisa foi feita pela nutricionista britânica Dra. Emma Derbyshire, consultora do governo inglês.

Nela, foram ouvidos dois mil pais e mães.

Como resultado, um terço dos pais admitiram que seus filhos já sofreram sintomas da desidratação.

Entre eles estão dores de cabeça, tontura e cansaço.

O mesmo tanto admitiu lutar para fazer com que as crianças bebam líquidos suficientes.

E oito em cada dez estão convencidos que seus petizes raramente conseguem a hidratação apropriada.

Para driblar dificuldades causadas pelas próprias crianças, 18% admitiram usar “truques”.

Como colocar uma garrafa de suco na lancheira.

Ou deixar que tomem chocolate quente à noite (20%).

Trocar a sobremesa por um suco, ou permitir um copo de refrigerante ocasional, ajuda a cumprir a meta.

Segundo a Dra. Emma, vale lançar mão da hidratação estruturada.

A estratégia é também chamada de hidratação “sólida”.

Recomendações indicam que cerca de 70% a 80% da água deva vir de líquidos.

E os restantes 20% a 30% sejam originados de alimentos.

Ou seja, devemos contar com a água que está na comida.

Como na melancia ou chuchu, por exemplo.

O que ainda aportaria vitaminas e minerais essenciais.

É importante que hábitos de hidratação sejam desenvolvidos desde cedo.

Isso inclui encorajar as crianças a desenvolverem um gosto por isso.

Apreciar beber água in natura ou na forma de frutas e vegetais.

A esperança é a de que, uma vez criado o hábito, seus benefícios sejam colhidos por toda a vida.

Tags: , , , , ,