Gulodice fora-da-lei

Como evitar o descontrole diante das guloseimas? Novas leis adotadas na China pedir a quantidade certa de comida nos restaurantes. Exemplo ou exagero?

Leia mais:

Dieta de bandeja – Cada um no seu quadrado
Cortando o exagero – Pratos menores cortam o desperdício

A partir de agora, melhor deixar a gulodice em casa.

Isso porque o governo chinês aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos.

O texto proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam.

Filmar ou compartilhar vídeos de compulsão alimentar, um tipo de programa de alimentação conhecido como mukbang, também é proibido.

Fiscais verificam o desperdício de alimentos nos refeitórios de empresas.

Os restaurantes podem ser multados em até 1.550 dólares por induzir os consumidores a pedirem quantidades excessivas de alimentos e causar desperdício.

Redes de TV e empresas de mídia online podem ser multadas em até 16 mil dólares se forem flagradas fazendo ou exibindo vídeos de compulsão alimentar.

Em eventos é adotada a regra “N-1”, o que significa que o número de pratos deve ser menor do que o número de convidados.

A lei, que pesa no bolso e na consciência, leva a mudanças na experiência gastronômica.

Ainda é uma prática comum na China os anfitriões pedirem mais comida do que o necessário, especialmente em negócios ou reuniões familiares, para demonstrar sua riqueza e hospitalidade.

Exagero ou precaução?

A China não enfrenta escassez iminente de alimentos.

E já produz menos desperdício.

Cerca de 35 milhões de toneladas de alimentos vão para o lixo na China todos os anos, de acordo com a mídia estatal chinesa.

Em comparação, pelo menos 66 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas nos Estados Unidos por ano, de acordo com o Departamento de Agricultura daquele país.

No Brasil, 40% de tudo que é produzido é jogado fora, alerta a FAO, braço da Organização das Nações Unidas para alimentação.

Ainda assim, a campanha foi lançada em agosto de 2020.

A justificativa foi de que a crise econômica causada pela pandemia seria um alerta para a China garantir seu abastecimento.

Tamanho extremismo assusta, mas serve para orientar.

Segundo relatório da ONU, por diversos motivos um terço dos alimentos de todo o planeta é desperdiçado.

Ao mesmo tempo, quase 1 bilhão de pessoas sofre com a insegurança alimentar.

Portanto, é hora de mudar a mentalidade.

Muitos desperdícios podem ser evitados com ótimas dicas – e receitas.

Para evitar jogar descartar o arroz que sobrou, você pode fazer uma torta, por exemplo.

Confira agora mesmo a receita – clique aqui.

Tags: , ,