Estrelado nas alturas

estrelado-nas-alturas

Ovos estralados, estalados ou estrelados? Para eliminar as dúvidas, agora nos voos Lufthansa, que passam a servir ovos fritos a 30 mil pés, você pode utilizar a última opção sem erro.

Leia mais:

Cardápio nas alturas – Veja as dicas de como evitar o mal-estar a bordo
A cura do jet lag – Comer regula o relógio interno para não sofrermos com o fuso

Pode parecer uma coisa simples.

Afinal, o mais complicado, a tecnologia que coloca os aviões no ar, já está disponível.

Mas o novo lançamento da Lufthansa configura-se um marco na aviação civil.

Com a Induction Cooking Platform, refeições frescas já podem ser preparadas a bordo.

Pense em ovos fritos ou mexidos no café da manhã, ou um steak no almoço.

Ou ainda um prato assinado por um chef, num jantar nas alturas.

Trata-se de um fogão no avião, para ser operado com segurança e de maneira limpa.

Ou seja, definitivamente uma invenção nada simples.

Afinal, não seria permitido (e nada sábio) ter uma botija de gás em cada aeronave.

Para usar frigideiras, panelas e até woks, um eletroímã cria um campo térmico que aquece uma base de vidro.

Como a superfície de cozimento permanece relativamente fria, respingos não queimam no cooktop, tornando fácil a limpeza.

Turbulências?

Um sistema inteligente de contenção de panela cobre e mantém a panela firmemente no lugar.

E não se preocupe com sua roupa cheirando a gordura na aterrissagem.

A tecnologia inclui a exaustão completa.

A novidade foi apresentada na Aircraft Interiors Expo 2016.

E foi finalista no prêmio de inovação Crystal Cabin Award.

Testada e aprovada, agora resta ser comercializada e instalada em voos da companhia.

Ou até na concorrência, para benefício de toda a Humanidade.

panela

O fim das barrinhas: cozinhando nas alturas

Tags: , , ,