Esquecidos são mais inteligentes

Esqueceu o celular em casa de novo? Melhor pessoa. Novo estudo canadense revela como pessoas esquecidas são mais inteligentes.

Leia mais:

Internet ajuda ou prejudica? – Os efeitos da amnésia digital
Alimentando amizades – Campanha estimula conversas entre estranhos

Da próxima vez, não se sinta culpada por deixar algo para trás.

Ter a mente distraída pode ser uma forma da inteligência.

É o que revela novo estudo da Universidade de Toronto (Canadá).

Nele, foram analisados dados sobre perda de memória e atividade cerebral em humanos e animais.

As mentes que substituíram velhas memórias por novas se adaptaram mais rapidamente a situações de perigo.

E não ficaram “presas” a informações antigas e potencialmente enganosas.

Isso revela que a mente está focada em coisas mais importantes.

E que as pessoas que tentam se lembrar de tudo têm dificuldade em tomar decisões.

Trata-se de um mecanismo de autopreservação.

Para garantir que você resolva questões vitais, o órgão para de registrar o que não é importa.

Além do que, com tudo a disposição na internet, não vale a pena guardar informações triviais na cabeça.

O que nos libera para deliberar sobre assuntos mais importantes.

E armazenar as memórias que realmente contam.

O estudo foi publicado no periódico científico Neuron.

Este trabalho pode explicar o que acontece.

Mas não ajuda em muita coisa.

Por sorte, outro testudo revela truque simples e eficaz para ativar a memória de longo prazo.

Para saber mais – clique aqui.

Tags: , , ,