Escolha da inteligência

escolha-da-inteligencia

Eles estão nas sobremesas mais atraentes. Ainda sim, são nossos amigos. Mais que você imagina. Novo estudo aponta morangos como a fruta com o poder de manter as funções cognitivas afiadas – mesmo com o avanço da idade.

Leia mais:

Morangos recheados – Veja como tornar a fruta ainda mais gostosa
Risoto de shimeji com arroz negro – Fácil e rápido de fazer

A fruta está presente nas sobremesas mais açucaradas.

Mas sua representação não pode ser apenas esta.

Sob o ponto de vista da longevidade, os morangos se inscrevem como itens básicos.

É o que recomenda estudo do laboratório de neurobiologia do Instituto Salk (Estados Unidos).

Ele aponta como um composto natural na fruta reduz déficits cognitivos e inflamação associados ao envelhecimento.

O experimento foi feito com cobaias.

O trabalho soma-se a pesquisa anterior da equipe sobre o antioxidante fisetina.

“A indústria já coloca a fisetina em vários produtos saudáveis”.

A explicação é de uma das autoras, Dra. Pamela Maher.

“Mas até hoje não houve testes suficientes do composto”.

O experimento com cobaias foi feito durante sete meses.

Alguns ratos de laboratórios receberam alimento enriquecido com fisetina.

Outros receberam o mesmo alimento, mas sem o composto.

Durante o período do estudo, os animais fizeram testes de atividade e memória.

Foram examinados níveis de proteínas específicas no cérebro, como indicadores das respostas ao esforço e inflamação.

Como resultado, as diferenças entre os dois grupos foram gritantes.

Os animais que seguiram a dieta normal tiveram dificuldades com todos os testes cognitivos.

Assim como marcadores elevados do esforço e da inflamação.

Já os ratos tratados com fisetina não revelaram diferença em comparação a animais mais jovens.

Também não foi encontrada nenhuma evidência da toxicidade, mesmo em doses altas.

Mas há bastante similaridade para justificar um olhar mais atento para a fisetina.

“Não apenas para potencialmente tratar do Mal de Alzheimer mas também para reduzir danos aos efeitos cognitivos do envelhecimento”.

Recentemente vimos como as laranjas parecem ter o mesmo poder – clique aqui.

O estudo foi publicado no The Journals of Gerontology Series A.

Então, chega de enrolar.

Que tal uma receita para comer morangos agora mesmo?

Você vai adorar minha tortinha que é fácil de fazer e tem menos de 140 calorias.

Para ver a receita com vídeo – clique aqui.

Tags: , , , , ,