É hora de mudar

hora-de-mudar

Os primeiros dias do ano nos inspiram a mudar. Nem que seja de endereço. Estudo revela como morar em rua movimentada faz mal ao cérebro.

Leia mais:

Detox da mente – Para manter o foco, pratique este exercício mental
A inspiração do brilho leve – Pensamentos canalizados aliviam a ansiedade e motivam

Tudo influencia em nossa saúde mental.

Entre os principais fatores está o ambiente em que vivemos.

Um novo estudo revela como viver em áreas próximas de ruas com muito trânsito deixa as pessoas mais suscetíveis a demência.

Aparentemente, a causa está no excesso de barulho e poluição ambiental.

A pesquisa foi feita ao longo de 11 anos pelo Sistema de Saúde Pública de Ontário (Canadá).

Os casos de demência foram 7% mais altos entre os que viviam a 50 metros de ruas com trânsito intenso.

4% entre os que residiam entre 50 e 100 metros dessas vias.

E 2% entre os que estavam entre 101 e 200 metros.

Estima-se que 50 milhões de pessoas no mundo sofram com a doença, que diminui as funções do cérebro.

Segundo um dos autores, Dr. Hong Chen, serão necessárias mais pesquisas para entender este vínculo.

“Especialmente sobre os efeitos dos diferentes aspectos do trânsito, como a poluição ambiental e o barulho”.

O estudo foi publicado no periódico científico The Lancet.

Tags: , , , , ,