É hora de acordar

É hora de acordar

Tem gente que não consegue acordar bem. Algumas passam a manhã inteira dormindo em pé. Como já levanto disposta e a mil, só consigo entender este comportamento porque o argumento é científico. Quando seu filho reclamar ao acordar para ir à escola, é bom saber quem está com a razão.

Estudo da Universidade de Minnesota (Estados Unidos) descobriu que, quanto mais tarde as aulas começam, melhora o desempenho dos alunos. As notas melhoraram, faltaram menos e, no caminho, envolveram-se em menos acidentes de trânsito. Isso porque, durante a puberdade, a melatonina (o hormônio do sono) é liberada mais tarde, rzão pela quale les só sentem sono depois das 23h. Celulares e computadores na cabeceira da cama também atrapalham a dormir: a luz estimulante dos aparelhos eletrônicos engana o cérebro, que assim continua desperto.

Com base nestas descobertas, escolas da Califórnia, Missouri, Oklahoma, Geórgia e Nova York já atrasaram seus horários, somando-se às pioneiras na Carolina do Norte, Kentucky, Connecticut e Minnesota.

Soluções simples como esta garantem aprendizado melhor, menos envolvimento em brigas e até menos lesões nos esportes. Para melhorar os resultados nas escolas por aqui, já passou da hora de acordar. Mas nunca é tarde para aprender pelo menos uma lição: a de que devemos respeitar o nosso relógio biológico.

Um dos erros comuns nas tentativas de mudança é querer fazer tudo de uma vez. Juntar muitas coisas nos faz desistir antes de começar. Deve-se ir devagar. Uma etapa por vez. Vencida uma luta, inicie outra. Assim se ultrapassa a guerra contra a balança, o cigarro e outros adversários. Foi assim que dei meu pulo do gato.  E pode acontecer com você também. Basta acordar!

Tags: , , , ,