Doce brinde amargo

brinde-amargo

Todo mundo brindando por merecidas celebrações ou de olho na saúde cardiovascular. E todos sorriem – até subir na balança. Sim, os produtores adicionam açúcar ao vinho. Teste revela afinal quanto da substância cada tipo da bebida agrega.

Leia mais:

A melhor água do mundo – A alta gastronomia hidrata-se assim
Cozinhando com arte – O design pode salvar suas receitas

Trata-se de uma bebida festiva.

Mas não é por isso que vamos baixar a guarda.

De olho na balança, talvez você queira mudar seu pedido de vinho.

“Muitas pessoas assumem erroneamente que bebidas alcoólicas não contêm açúcar”.

O alerta é da nutricionista Helen Bond, em entrevista ao jornal Sun Online.

“Mas elas podem aumentar a ingestão de calorias”.

Uma taça de vinho branco doce contém 14,75  gramas de açúcar (235 Kcal).

Duas taças atingem o valor máximo recomendado para um dia inteiro.

É mais do que o dobro do conteúdo do segundo vinho mais açucarado.

O vinho branco médio contém 7, 5 gramas de açúcar (188 Kcal).

A segunda melhor opção (branco seco) tem a mesma quantidade de calorias.

Mas 6 gramas a menos de açúcar (1,5 gramas).

Uma taça de vinho tinto contém apenas 1 grama de açúcar (190 Kcal).

Em comparação, um vinho rosé tem 6,25 g de açúcar e 198 calorias.

As medidas correspondem a taças grandes, de 250 ml.

Taças menores comportam 175 ml ou 125 ml.

O açúcar escondido, bem como o açúcar natural que você consome no suco de frutas ou mel, não deve ser mais de 5% das suas calorias diárias.

Isso corresponde a aproximadamente 30 gramas ou sete colheres de chá.

Comer muito açúcar pode levar ao ganho de peso.

O que, por sua vez, aumenta os riscos de problemas cardiovasculares e diabetes tipo 2.

O açúcar no álcool também pode contribuir para a cárie dentária.

Ou seja, motivos para nunca festejar.

Já vimos que a happy hour prejudica a absorção de vitaminas.

Para saber mais – clique aqui.

binde-amargo

O vinho tinto é o que menos recebe açúcar adicionado

Tags: , ,