Débito ou crédito: veja seu saldo na vida sexual

sexo

Experiente ou rodada? Novo estudo realizado no Reino Unido revelou o número ideal de parceiros sexuais homens e mulheres que devemos ter na vida. E é menos que você imagina.

Leia mais:

Desejo espresso – Café com afrodisíaco faz o clima
Meu pulo do gato – Perdi 60 quilos ao reinventar meu cotidiano

Aí está uma questão que sempre surge no início dos relacionamentos.

E, em muitos casos, assombra aos mais preocupados por muito tempo durante e depois.

Afinal, quantas pessoas seu companheiro conheceu intimamente antes de você?

Se o assunto é pessoal, o interesse é de todos.

Tanto que as universidades britânicas de Nottingham, Bristol e Swansea puseram-se a investigar, em conjunto, qual o número ideal de parceiros sexuais.

O estudo traz uma resposta que é mais pudica que qualquer um poderia imaginar: três.

E vale tanto para mulheres como para homens.

Isso, no entanto, variou quando foram analisados relacionamento de longo prazo.

Parceiros de longa data toleram que o cônjuge tenha dormido com até duas pessoas antes de si.

Os resultados também revelaram que as mulheres são menos atraídas por homens que tenham dormido com mais de seis pessoas antes delas.

Já os homens, por incrível que pareça, toleram uma ficha corrida com até 11 parceiros antes deles.

Mas a ideia de que a promiscuidade seja tolerada por um ou outro gênero não corresponde à realidade.

Segundo um dos autores, Dr. Steve Stewart-Williams, ambos os sexos expressam igual relutância em se envolver com alguém com extenso histórico sexual.

“Um parceiro com tal comportamento é estatisticamente menos fiel e, portanto, desejável”.

Estes são os números ideais.

Mas, na vida real, as coisas revelaram-se mais animadas.

Ironicamente, aqueles que tomaram parte no estudo não chegaram a atingir seus próprios padrões.

O número médio de parceiros foi 5,81 para as mulheres e 8,4 para os homens.

Tags: , , , ,